Chery Tiggo 2 tem bons equipamentos e preço acessível

O Chery Tiggo teve sua primeira versão lançada em território nacional em 2013. Neste ano de 2018, a Caoa Chery apresenta o Tiggo 2, com grandes mudanças e totalmente reestilizado, moderno e bem equipado. O novo SUV dentro da categoria compacto é o primeiro modelo produzido no Brasil. Isso foi possível em razão da parceria entre a montadora chinesa e o Grupo Caoa.

Carros
2 anos atrás
Chery Tiggo 2 tem bons equipamentos e preço acessível

Sob o veículo, está à plataforma do Celer, modelo já fabricado e vendido no País há cinco anos. Portanto, o novo Tiggo 2 não configura como um projeto basicamente novo. Porém, se comparado ao primeiro Tiggo com toda certeza surge como um carro completamente diferente. A evolução é notória e a boa notícia que mudou para melhor.

Preços e versões do Tiggo2

Chery Tiggo 1.5 Look – R$ 59.990
Chery Tiggo 1.5 ACT – R$ 66.990

Assim como o modelo topo de venda, o Tiggo 2 Look vem com o motor quatro cilindros 1.5 Flex de 110/115 cv, associado com transmissão manual de cinco marchas.

Quando o assunto é estética, esta versão diferencia-se do ACT por não contar com o teto-solar, e também pelo fato das rodas de alumínio de 16 polegadas virem pintadas em prata. O modelo topo conta com as mesmas rodas, porém com pintura diamantada, o que faz diferença para alguns.

Suas medidas são de 4,2 metros de comprimento, entre-eixos de 2,55 metros e oferece uma altura livre do solo de 18,6 cm, uma das mais altas do segmento de SUV´s compactos, existentes no Brasil.

De série, a versão Look sai de fábrica com ar-condicionado, direção hidráulica, bancos revestidos em couro sintético, volante com regulagem de altura, banco do motorista com ajuste de altura, alarme, vidros com acionamento elétrico nas quatro portas, travas com acionamento elétrico e retrovisores elétricos.

O modelo traz ainda o sensor de estacionamento traseiro, DRL (luz diurna de rodagem) essencial nos dias de hoje em razão de existir uma lei no Estado de São Paulo que obriga motoristas trafegarem com o farol aceso nas rodovias, freios a disco nas quatro rodas, porta-luvas iluminado, freios ABS + EBS, duplo airbag dianteiro, ISOFIX, três cintos de segurança de três pontos na traseira, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, luzes de neblina traseira.

Completa a lista dos itens de série o indicador de velocidade limite, rádio com entradas USB + 4 alto-falantes e computador de bordo.

O Tiggo 2 Look 1.5 Flex Manual, segundo os dados do INMETRO, consome 7,74 Km/l de etanol em cidade, e 10,94 KM/l de gasolina. Em estrada os números são de 8,57 Km/l e 12,24 Km/l, respectivamente.

As cores disponíveis para essa versão do carro são duas sólidas (Branco e Preto) e três metálicas (Prata, Azul e Marrom), com custo adicional de R$ 1.200 reais.

A versão mais cara do Tiggo 2, a ACT traz como único opcional a pintura preta para o teto, que exige mais R$ 1.500 do interessado.

Entre os itens, aparecem alguns inusitados para um modelo da categoria do Tiggo 2, como o teto solar. Para justificar o preço mais alto, o Tiggo 2 ACT também agrega os controles de estabilidade e tração, ar-condicionado automático, mas sem tela digital, acabamento interno mesclando couro e tecido, além de uma central multimídia com tela de 8” que até permite o espelhamento de smartphones, mas não conta com o Apple CarPlay e o Android Auto, algo imprescindível nos dias de hoje.

“Muitos consumidores levam isso em consideração na hora de comprar um carro. Sem os aplicativos do momento para veículos, a montadora pode perder. Esperam que corrijam isso rápido, afinal o carro ficou muito bonito e atraente, mas não dá para ficar sem os app”, disse Juliano Oliveira.

Design e Visual do Tiggo 2

O novo SUV urbano da Chery tem estilo e design agressivos que chamam a atenção. A suspensão foi projetada nomeadamente para um SUV urbano, os faróis de bloco elíptico unido aos faróis diurnos de LEDs (DRL) se complementam.

Como já dito, o motor é um 1.5 VVT associado ao câmbio manual de cinco marchas, com o novo sistema ECSS (Electronic Cold Start System) de galeria de combustível aquecida, que reduz os níveis de álcool não queimado no ciclo de emissões, melhorando o desempenho de consumo e emissões de poluentes.

Pensando no consumidor local e para se adaptar às condições em terras brasileiras, o veículo passou por diversos processos de tropicalização. Isso deveria ocorrer com todos os modelos que vem de fora. O SUV chega com um posicionamento de mercado para atrair vários perfis de consumidores: desde pessoas solteiras e casadas, homens e mulheres, jovens que desejam conectividade, famílias que buscam conforto e espaço, pessoas que gostam de um veículo mais alto.

Embora tenha sido feito para atender a diversos tipos de utilização, o mais recomendado é para trafegar em vias urbanas, onde se mostra mais ágil e flexível, com direção fácil e leve, suspensão firme e confortável para este tipo de uso.

Entre os itens de segurança, o destaque fica para os airbags frontais e laterais e os freios ABS com sistema EBD. O carro também oferece assistências eletrônicas de condução, como os controles de estabilidade e tração e os sensores de estacionamento.

Como todo veículo, ele também mostra um ponto negativo. Trata-se da direção hidráulica, que surge na contramão das tendências de seu segmento, já que a maioria dos concorrentes trazem direção elétrica ou eletro-hidráulica, mais leves, muito melhores e de menos manutenção.

O porta-malas é outro item que agrada, tem capacidade de 420 litros, conta com iluminação e é todo revestido com carpete.

Preço atraente

Mesmo na versão mais cara, o Tiggo ainda está bem abaixo da faixa de preço de Ecosport e do Peugeot 2008.

Com esta cifra, o modelo também chegou para fazer frente ao JAC T40 e também aos hatches conhecidos com pseudo-aventureiros, Chevrolet Onix Activ e do Hyundai HB20X, que são vendidos a valores semelhantes e dependendo do acréscimo de opcionais tem valor final superior.

Para bater de frente com outros modelos, o Chery Tiggo 2018 com câmbio automático está prestes a começar a ser vendido no Brasil.

A marca chinesa, em uma circular interna, divulgou o lançamento do Chery Tiggo 2 automático, nas versões Look AT e ACT AT.
O preço do Tiggo Look AT será de R$ 66.990 e o Tiggo ACT AT custará R$ 69.990.

O Tiggo 2 Look Automático traz, adicionalmente em relação a versão manual, itens como ar-condicionado automático, central multimídia, câmera de ré, volante multifuncional em couro, piloto automático. Já na versão ACT, além dos já mencionados da versão anterior essa versão traz a mais, bancos em couro natural e teto solar.

Na motorização o Tiggo 2 Automático deverá seguir com o mesmo motor utilizado nas versões manual, o 1.5 16V flex, que entrega até 115 cv e 14,9 kgfm de torque quando abastecido com etanol.

Versão elétrica pode surgir

Uma versão elétrica do Tiggo 2 pode pintar no mercado brasileiro como já ocorre em seu País de origem.

Segundo especialistas, ele pode ser melhor elétrico da Chery e será chamado de EV (Tiggo 3 xe na China). O veículo faz parte do “pacotão” da montadora chinesa, tanto em autonomia como em performance. Seu motor trabalha normalmente com 60 cv, mas permite picos de 122 cv fazendo-o chegar aos 152 km/h.

Se o condutor não fizer questão de tanta potência, poderá ter uma autonomia de até 350 km.

Na oferta oriental, o Tiggo 2 elétrico dispõe de duas versões com densidades diferentes de bateria. O primeiro é o Tiggo 3xe 400, que tem autonomia de 351 km por conta de baterias de lítio de 49 kWh.

Já a versão Tiggo 3xe 480 tem baterias de 54,3 kWh, que conferem autonomia normal de 401 km, mas se o veículo reduzir velocidade e desligar periféricos, pode percorrer até 500 km sem recarga. Esta, acontece de 6 a 8 horas em nível 100% ou em meia hora num carregador rápido para 80%.

Lista completa de itens de série e opcionais

Rodas de liga leve aro 16 polegadas
airbag duplo
Sensor de estacionamento
Controle de cruzeiro
Trio elétrico
Ar-condicionado
Luzes diurnas do tipo LED
Direção hidráulica
Sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis
Volante com comandos de áudio
Teto solar com commandos elétricos
Controles eletrônicos de tração e estabilidade
Assistente eletrônico de partida em rampa
Central multimídia Chery i-Connect com conexão Bluetooth, entradas USB e SD Card e conexão auxiliar
Sensor de pressão dos pneus
Sistema MirrorLink
Compatibilidade com aplicativo Android Auto
Revestimento dos Bancos em couro
Câmera de ré
Bancos traseiros rebatíveis
Porta traseira dobradiça simples
Distribuição eletrônica de frenagem EBD
Bússola
Cobertura do estepe maleável
Estepe em liga leve
Rodas dianteiras e traseiras em liga leve diamantadas 16’’
Vidros elétricos na dianteira e traseira com acionamento em dois toques
Limpador do pára-brisa com intermitência fixa.
Vidros verdes
Vidro traseiro fixo com anti-embaçante e limpadores do pára-brisa com ciclo constante
Retrovisores das portas do motorista e passageiro com ajuste elétrico
Ar condicionado
Direção Assistida
Volante de com ajuste de altura
Descansa braço dianteiro central
Revestimento dos bancos em tecido
Airbag dianteiro para motorista e passageiro
Bagageiro
Pintura metálica
Alarme
Travamento central remoto e sensível à velocidade
Faróis automáticos sob luz
Luzes de neblina traseira
Faróis de neblina dianteiros
Controle dos faróis automático
Computador de bordo com consumo instantâneo de combustível
Tração dianteira
Sensor de estacionamento traseiro
Espelho de cortesia para passageiro
ABS
Acabamento cromado nos contorno das janelas laterais
Tomada com saída 12v dianteira
Friso lateral na cor do veículo
Controle de áudio no volante
Equipamento de som AM / FM com CD Player e leitor de MP3
Quatro alto-falantes
Carroceria com cinco portas tipo SUV

Veja detalhes da ficha técnica do Chery Tiggo

Motor: 1.5
Transmissão: Manual de 5 marchas / CVT
Aceleração (0 à 100km/h): N/D
Velocidade Máxima (km/h): N/D
Cilindrada (cm3): N/D
Potência (cv): 113
Torque (kgfm): 15,5
Freios: Quatro freios à disco com dois discos ventilados
Comprimento: 4200 mm
Largura: 1760 mm
Altura: 1570 mm
Distância entre eixos: 2550 mm
Peso: N/D
Porta – Mala (L): N/D
Direção: Hidráulica
Tanque de Combustível: N/D

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?