Fiat Fiorino é tricampeão de revenda

O Fiat Fiorino, líder de mercado entre as furgonetas praticamente desde seu lançamento, venceu pela terceira vez o Prêmio Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais na categoria furgoneta de carga. A premiação é concedida pela Agência AutoInforme, em parceria com a Editora Frota e Textofinal.

Carros
1 ano atrás
Fiat Fiorino é tricampeão de revenda

Preços e versões

Referência de mercado, o Fiat Fiorino sempre foi pensado e projetado para enfrentar com tranquilidade e confiabilidade as mais diversas condições de trabalho solicitadas pelo dia a dia.

Em sua linha 2020, ele oferece ainda mais conforto, economia, praticidade, além de um excelente custo-benefício em relação aos modelos da concorrência. Confira abaixo os preços de suas versões:

Fiorino 1.4 Evo Flex 2020 – R$ 63.490,00
Fiorino Hard Working 1.4 Evo Flex 2020 – R$ 71.990,00

Excelente custo-benefício

Voltando a falar sobre o prêmio, reconhecido no mercado brasileiro de comerciais leves pelo seu excelente custo-benefício, o utilitário da Fiat obteve um índice de depreciação de somente 15,9% em três anos, o mais baixo entre os modelos da categoria.

Desenvolvido para encarar qualquer condição de trabalho com tranquilidade e confiabilidade, quem tem um pode confirmar, o utilitário traz qualidade de construção aliada a um baixo custo de manutenção que o ajudam a ter uma baixa depreciação. Por ser confiável e robusto, é muito desejada também no mercado de seminovos, outro quesito a seu favor.

“O tricampeonato do Prêmio Maior Valor de Revenda na categoria furgoneta de carga corrobora com as forças de nosso produto, provando que as características que destacamos do modelo – como sua excelente capacidade de carga em peso e a maior em volume são reconhecidas publicamente, reforçando a tradição da marca neste segmento de veículos comerciais.

Conquistar o selo de Maior Valor de Revenda é muito importante porque confere ainda mais valor à nossa capacidade para desenvolver produtos que atendam com segurança às necessidades de nossos clientes”, afirma Rafael Filon, gerente de Marketing de Produto da FCA, Fiat Chrysler Automobiles.

Premiação

Realizado pelo quinto ano, o Prêmio Maior Valor de Revenda – Veículos Comerciais possui 11 categorias subdivididas em dois grupos: utilitários – com quatro categorias – e caminhões – com outras cinco. A definição dos vencedores é feita pelas empresas responsáveis pela premiação com base nas cotações de mercado da Molicar.

Considerando que o prazo de renovação de frota é de cerca de três anos, o valor médio do modelo zero quilômetro há três anos é pesquisado e comparado com o do ano corrente.

O levantamento avaliou o comportamento dos 105 veículos comerciais mais vendidos no mercado brasileiro. Para formar o índice de depreciação, foram considerados os preços médios dos veículos zero quilômetro praticados no primeiro trimestre de 2016 e seus modelos correspondentes com três anos de uso – janeiro a março deste ano –, geralmente prazo inicial de substituição para fins de renovação de frota.

Líder no segmento

Líder do segmento por 25 anos consecutivos e reconhecido no mercado brasileiro de comerciais leves pelo seu excelente custo-benefício, o Fiat Fiorino ganhou em 2017 uma nova versão, a Hard Working, que conta com muitos equipamentos, oferecendo assim ao seu proprietário uma ótima qualidade de vida a bordo.

Com design renovado em 2013, o Fiat Fiorino traz linhas mais fluidas e arredondadas, que melhoram a estética e a aerodinâmica do veículo, e ainda proporcionam um size impression ao modelo. Seu interno confortável e funcional faz com que eleve o nível de sofisticação do modelo. Já a ergonomia, o acesso aos comandos e a praticidade interna dão muito conforto, enquanto os seus porta-objetos oferecem ainda mais praticidade na acomodação de itens no interior do veículo.

Foi também nesse ano que o furgão passou a ser produzido sob uma plataforma mais atual e exclusiva fazendo com que ele realçasse ainda mais as suas boas características de veículo de trabalho.

Com as mudanças, Fiorino cresceu no tamanho, ganhou maior capacidade para transportar cargas, passou a levar até 650 kg, e recebeu uma nova motorização mais potente ― 1.4 EVO flex ―, o que aumenta a sua agilidade e versatilidade nos centros urbanos, garantindo que ele continue a ser a melhor opção tanto para as pequenas empresas quanto para os grandes frotistas.

Por falar no propulsor, além de potente e econômico, tem excelente torque em baixas rotações e baixo consumo de combustível – recebeu nota “A” no Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular, do INMETRO, o que o coloca entre os mais eficientes e econômicos do país.

A versão Hard Working foi pensada para oferecer muito mais aos compradores do Fiorino Assim, ela é completa, com equipamentos que a deixam muito mais confortável, versátil e segura.

A sua lista de série conta itens como ar-condicionado, banco do motorista com regulagem mecânica de altura, brake light, direção hidráulica, computador de Bordo (distância, consumo médio, consumo instantâneo, autonomia, velocidade média e tempo de percurso), conta-giros, faróis de neblina, travas elétricas, vidros elétricos dianteiros com one-touch para motorista, volante com regulagem de altura, retrovisores externos com comando interno, tecido exclusivo, predisposição para rádio (2 alto-falantes dianteiros, 2 tweeters e antena) e recobrimento do assoalho do vão de carga.

Ainda é possível deixar a versão Hard Working ainda mais equipada com os opcionais: sensor de estacionamento traseiro, para-choque dianteiro na cor do veículo, para-choque traseiro pintado parcialmente na cor do veículo e calotas integrais, além do rádio USB MP3/WMA com RDS.

A versão 1.4 Evo Flex da Fiorino também conta em sua linha atual com brake light e retrovisores externos com comando interno de série. Como opcionais, ela traz direção hidráulica, volante com regulagem de altura, predisposição para rádio (2 alto-falantes dianteiros, 2 tweeters e antena) e Rádio USB MP3/WMA com RDS.

O consumidor ainda pode contar com um grande leque de alternativas de personalização para o furgão. São mais de 40 acessórios Mopar para deixar o modelo ainda mais completo. Confira alguns deles: alarme, protetor de cárter, rodas em liga leve, tapetes, parafuso antifurto, ecobag, entre outros.

Ainda sobre o interior renovado também em 2014, foi mantido o mesmo design moderno com ergonomia que melhorou o acesso aos comandos e a praticidade interna, com a maior quantidade de porta-objetos espalhados pelo veículo.

O painel continua com duas alternativas de visualização para o consumidor: base e luxo. A versão base vem com velocímetro, indicadores de combustível e temperatura (digitais) e hodômetro totalizador e parcial. Na versão de acabamento luxo ele conta com: velocímetro, indicadores de combustível e temperatura (digitais), hodômetro totalizador e parcial, conta-giros e trip computer.

O painel também conta com um porta-objetos posicionado do lado esquerdo do motorista, mas que é substituído por botões de comando quando o utilitário for equipado com trip computer. A tomada de força de 12V é item de série.

O console central do Novo Fiorino foi projetado de forma a incorporar um porta-copos duplo, e o pomo da alavanca de mudanças de marchas é o mesmo que vem no Novo Uno. No novo teto da cabine está localizado um console porta-objetos, de série, que também abriga a luz de iluminação do interior.

Os bancos receberam novo desenho e novos tecidos na sua forração. Eles são mais ergonômicos e confortáveis, sendo que o do motorista pode vir equipado com regulagem de altura. Também oferece como opcional volante com regulagem de altura e apoia-pé para o motorista. Os painéis das portas permanecem equipados com bolsa porta-objetos/garrafas, oferecendo maior praticidade na acomodação de itens no interior do veículo.

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?