Honda Fit 2019, admirável por excelência, vem com novidades

Nascido em 2001, no Japão, o Honda Fit tão logo chegou ao Brasil rapidamente alcançou também a liderança de vendas no mercado nacional. A linha 2019 a venda País aparece com poucas atualizações, embora continue sendo um veículo admirável.

Carros
2 anos atrás
Honda Fit 2019, admirável por excelência, vem com novidades

Há quem diga que ele é a versão mais simples do  também Honda, WRV, versão intermediária que tem como top o HRV.

A principal novidade é a adoção de luzes de uso diurno como item de série em todas as versões. Na de topo, EXL, o equipamento de segurança está posicionado nas extremidades dos faróis, que são de LEDs. Nas demais, as luzes diurnas são integradas ao para-choque. Há também mais uma opção de tom vermelho para a carroceria.

Preços e versões do Fit

  • Honda Fit DX 1.5 MT 2019: R$ 60.500
  • Honda Fit Personal 1.5 CVT 2019: R$ 68.700
  • Honda Fit LX 1.5 CVT 2019: R$ 72.800
  • Honda Fit EX 1.5 CVT 2019: R$ 78.300
  • Honda Fit EXL 1.5 CVT 2019: R$ 83.300

Mais novidades

A versão com mais novidades é a EX, como a avaliada, posicionada logo abaixo da configuração de topo da linha. Essa opção passa a trazer a mesma central multimídia da EXL, com tela de 7 polegadas sensível ao toque, mais moderna que a utilizada até então. O novo sistema é compatível com telefones celulares com sistema operacional Android Auto e Apple CarPlay.

Desde seu lançamento, o Fit configura no mercado com uma arma principal e que conquista os clientes que buscam espaço dentro de um carro. Trata-se da versatilidade que pode ser comprovada com algumas ações. Uma delas é aplicada ao banco traseiro que pode ser dobrado para formar um assoalho plano com o porta-malas, em diversas configurações, o que permite levar objetos de vários tamanhos.

São até 1.045 litros de capacidade. Com os assentos em uso, são 363 litros, número muito acima para o segmento. Quem gosta de sair colocando objetos pelo veículo, o Fit traz diversos porta-objetos bem alocados para facilitar a vida do motorista e passageiros.

A dirigibilidade é outro destaque. O monovolume é atraente para os que apreciam uma posição de guiar mais alta. Nesse quesito, o Fit surge como uma ótima opção, em especial, às mulheres que gostam de se sentirem nas alturas ao dirigir.

Além disso, é fácil se acomodar no banco do motorista, graças aos ajustes de altura e profundidade do volante. A direção elétrica tem ótimas respostas, passando segurança ao condutor em qualquer situação.

Já o câmbio automático CVT, que privilegia o conforto, deixa um pouco a desejar nas retomadas de velocidade. Essa transmissão deixa o Fit um tanto lento na hora de acelerar.

Motor 1.5 i-VTEC

O carro tem sob o capô o motor 1.5 i-VTEC que pertence à geração mais atual de motores da Honda, embora haja versões mais modernas no exterior, onde ganhou injeção direta de combustível com potência de 130 cv.

Com quatro cilindros em linha, ele possui comando único no cabeçote, mas com a tecnologia VTEC, que permite abertura e fechamento das válvulas de acordo com o desempenho do propulsor.

Assim, o VTEC geralmente trabalha com oito válvulas em baixas rotações para obter mais torque nessas condições, enquanto as outras oito entram em rotações mais altas, quando o veículo precisa de melhor performance.

Além disso, o 1.5 i-VTEC do Honda Fit 2019 trabalha com a tecnologia FlexOne, que consiste em pré-aquecimento do combustível em partidas a frio, retirando assim o tanque de gasolina do cofre do motor, que até pouco tem era usado e ainda exigia um bocal separado para abastecimento.

A caixa manual de cinco velocidades só é oferecida na versão DX, de entrada. Nas demais, o veículo pe dotado de transmissão automática que alcança os seguintes resultados de consumo:

Na cidade, o Honda Fit MT 2019 faz 8,3 km/litro com etanol e 8,7 km/litro com gasolina. Já o Honda Fit CVT 2019 realiza 11,6 km/litro com etanol e 12,3 km/litro com gasolina.

Quando pegamos a estrada, o Honda Fit MT 2019 chega aos 9,5 km/litro com etanol e 9,9 km/litro com gasolina. A versão automática marcou 13,6 km/litro com etanol e 14,1 km/litro com gasolina.

Nova posição

O Honda Fit 2019 é um monovolume compacto com perfil bem aerodinâmico, que possui capô curto, para-brisa longo e inclinado, bem como teto alto e grande área envidraçada. Como principal característica, a plataforma do modelo tem tanque central, posicionado sob os bancos dianteiras, além de oferecer estrutura bem leve e segura.

Em modelos recentes, o encosto do banco do passageiro dobra para criar uma cama ou ampliar o espaço para objetos longos, tais como uma prancha de surf, por exemplo. Os bancos dianteiros podem ser movidos por quem vai atrás através de pequenas alavancas na parte superior dos encostos.

O Honda Fit também tem sistema de refrigeração selado, que dispensa a reposição de água por usar um fluído refrigerante que, na primeira geração no Brasil, podia ser trocado com 140.000 km!

Honda Fit, suas versões e equipamentos

Cinco versões, incluindo uma PcD, são oferecidas atualmente nos concessionários Honda em todo Brasil. Confira quais são e o que oferecem:

 

Honda Fit DX 1.5 MT:

Oferece motor 1.5 flex e câmbio manual de cinco marchas, além de airbags frontais, controles de estabilidade e tração, assistente de partida em rampas, freios ABS com EBD, chave tipo canivete com comando de abertura e fechamento das portas, Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, alerta de frenagem de emergência, ar-condicionado manual, direção elétrica progressiva, sistema de som 2DIN com entradas USB e auxiliar, conexão Bluetooth e dois alto-falantes dianteiros, volante com ajuste de altura e profundidade, banco do motorista com regulagem de altura, desembaçador do vidro traseiro, encosto de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes, porta-revistas atrás do banco dianteiro do passageiro, bancos em tecido, vidros elétricos com função auto para o do motorista, travas elétricas, retrovisores elétricos, lanternas em LED, abertura do bocal de abastecimento com alavanca interna, rodas de liga-leve de 15 polegadas com calotas, luzes de condução diurna em LED no para-choque, entre outros.

Honda Fit Personal 1.5 CVT:

Exclusivo para pessoas com deficiência (PcD), dispõe dos mesmos equipamentos do Fit DX, mais câmbio automático do tipo CVT, sistema de som com quatro alto-falantes, painel de instrumentos Bluemeter com computador de bordo multifunções, controle de cruzeiro, sistema de configuração de bancos Magic Seat com bancos traseiros reclináveis e bipartidos e retrovisores externos com luzes indicadoras de direção. Perde, porém, as rodas de liga-leve – no lugar, há rodas de aço sem calotas – e também o sistema de som, com direito somente a preparação para rádio.

Honda Fit LX 1.5 CVT:

Em relação ao Fit DX, recebe câmbio CVT, sistema de som com quatro alto-falantes, iluminação interna do porta-malas, sistema de configuração de bancos Magic Seat, volante com ajustes do sistema de som, detalhes internos na cor prata, faróis de neblina, entre outros.

Honda Fit EX 1.5 CVT:

Adota airbags laterais, ar-condicionado digital com comandos sensíveis ao toque, sistema multimídia com tela de sete polegadas sensível ao toque, Android Auto, Apple CarPlay, comandos de voz, WiFi hotspot e Bluetooth,, apoio de braço central em couro, comandos Bluetooth no volante, painel de instrumentos Bluemeter com computador de bordo multifunções, controle de cruzeiro, porta-revistas atrás do banco do motorista, volante multifuncional em couro, câmera de marcha a ré com luz indicadora de direção, luzes diurnas de LED nos faróis, paddle shifts, rodas de liga-leve de 16 polegadas, entre outros.

Honda Fit EXL 1.5 CVT:

Conta ainda com airbags do tipo cortina, central multimídia com navegador GPS integrado, sistema de som com dois tweeters dianteiros, revestimento dos bancos em couro, acionamento elétrico dos vidros com função auto para motorista e passageiro, retrovisores externos com rebatimento elétrico, entre outros.

Ficha técnica do Honda Fit

  • Preço sugerido: R$ 78.300
  • Motor: 1.5, 4 cil., 16V, flexível
  • Potência (cv)*: 116 a 6.000 rpm
  • Torque (mkgf)* : 15,3 a 4.800 rpm
  • Câmbio: Automático, CVT
  • Porta-malas: 363 litros
  • Comprimento: 4,1 metros

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?