Jeep Renegade, um charmoso com novas cores

Lançado em 2015, o Jeep Renegade faz sucesso no Brasil desde então. As versões da linha 2019 chegam às concessionárias com um monte de novidades que realçaram o design inconfundível do SUV mais autêntico de seu segmento e deixaram a gama ainda mais diversificada e completa.

Carros
2 anos atrás
Jeep Renegade, um charmoso com novas cores

Todos os detalhes normalmente cromados ou prateados foram pintados de preto (fosco ou brilhante), como as rodas de liga leve de 18 polegadas, as molduras dos faróis de neblina, os contornos das sete entradas de ar na grade dianteira e todos os logotipos.

O teto também sempre é pintado de preto e, por dentro, o acabamento segue o mesmo tema “all black”. O preto brilhante foi aplicado nos raios do volante e nas molduras dos alto-falantes, saídas de ar, coifa do câmbio e porta-copos central.

Além disso, a versão de entrada 1.8 Flex, de câmbio manual de cinco marchas, passa a se chamar Custom 1.8 Flex. A mesma nomenclatura é aplicada à opção inicial com o motor 2.0, que agora é a Custom Diesel.

Em ambos os casos, a grade tem acabamento preto, assim como as rodas de aro 16”.
Fazendo jus ao nome, essas configurações Custom são as que contam com mais possibilidades de serem personalizadas ainda na fábrica, por meio dos pacotes da nova linha Jeep Authentic Accessories — mais detalhes abaixo.

Preços e versões do Renegade

Com algumas mudanças promovidas pela montadora, a versão Limited Diesel estreia para ficar logo abaixo do Trailhawk e dar mais sofisticação à linha com tração 4×4 Jeep Active Drive Low e câmbio automático de nove marchas.

Também inédita é a série especial Night Eagle. Baseada na Longitude, ela está disponível tanto com o motor 1.8 Evo Flex quanto com o 2.0 MultiJet II Turbodiesel. Seu diferencial é o visual escurecido, dando continuidade a uma tradição da Jeep ao redor do mundo nos últimos anos.

Jeep Custom 1.8 MT5 – R$ 69.990
Jeep Sport 1.8 MT5 – R$ 79.990
Jeep Sport 1.8 AT6 – R$ 86.490
Jeep Longitude 1.8 AT6 – R$ 90.490
Jeep Limited 1.8 AT6 – R$ 98.990
Jeep Custom 2.0 AT9 4×4 – R$ 108.990
Jeep Longitude 2.0 AT9 4×4 – R$ 118.490
Jeep Limited 2.0 AT9 4×4 – R$ 124.990
Jeep Trailhawk 2.0 AT9 4×4 – R$ 129.990

Mais equipamentos e novas cores

A linha 2019 do Renegade recebeu mais itens de série, deixando o SUV ainda mais completo. As versões Sport Flex, que tinham rodas de liga leve de 16 polegadas, ganharam rodas de aro 17” e pneus 215/60, combinação que antes equipava as configurações Longitude.

Estas, por consequência, passam a sair de fábrica as rodas de 18 polegadas que eram oferecidas como opcionais, pareadas a pneus 225/55. No caso do Longitude Flex, agora os bancos de couro são de série, como já acontecia com o Diesel.

Há ainda novas cores para a carroceria: a sólida Verde Recon, que se destacou na série especial 75 Anos, as metálicas Azul Pacífico e Marrom Horizonte e a perolizada Branco Polar.

Por falar em tonalidades, outras mudanças foram feitas em algumas versões. Na Limited, o acabamento preto brilhante foi aplicado nas molduras das saídas de ar do painel, dos alto-falantes e do porta-copos no console central.

Enquanto isso, o Renegade Trailhawk passou a ter todos os emblemas com fundo cinza, substituindo o vermelho, e o adesivo do capô (que reduz reflexos do sol no campo de visão do motorista em trilhas) agora exibe traços da geografia do Parque Nacional do Jalapão, em Tocantins.

Extensa lista de acessórios do Jeep

Em meio tantas novidades, a linha 2019 do Renegade também marca a estreia da geração Jeep Authentic Accessories, que chega para ampliar as chances de o cliente imprimir um toque mais pessoal ao SUV.

São pacotes de acessórios, instalados na fábrica, a preços competitivos e voltados a diferentes perfis.
Essa iniciativa da montadora contempla e agrada muitos consumidores, especialmente aqueles que curtem deixar o veículo com o seu estilo.

Alguns kits que já estavam disponíveis dentro do programa Custom Shop Mopar continuam a ser oferecidos, como Landscape, Protection e Audio. Mas a melhor notícia é que foram criados quatro novos pacotes exclusivos para as versões Custom. Confira a lista:

Bike – formado por barras transversais, suporte para bicicleta e adesivos decorativos com o tema mountain bike, é focado em quem tem o ciclismo como estilo de vida;

Traveler – esse kit composto por estribos laterais, barras transversais e bagageiro de teto foi pensando em quem viaja médias e longas distâncias com frequência;

Protection Plus – formado por frisos laterais, protetores de soleiras e adesivo no capô, o pack traz mais robustez, além do visual diferenciado;

Liberty – aqui, o objetivo é sofisticar o Renegade, com central multimídia Mopar, rodas aro 17” do Trailhawk, revestimento especial dos bancos, emblemas pintados de cinza e, na versão Flex, barras longitudinais de teto.

Mais potente e econômico

Único SUV compacto que não deriva de carro de passeio, com uma plataforma própria, ponto de partida inclusive para modelos maiores, o Jeep® Renegade mantém exclusividades no segmento como motor diesel, câmbio automático de nove marchas, suspensão independente nas quatro rodas, dois tipos de teto solar, entre várias outras.

As versões do SUV compacto mais premiado dos últimos anos equipadas com o motor 1.8 EtorQ Evo Flex receberam um abrangente pacote de evoluções técnicas, com ênfase na eficiência energética. São elas:

– coletor de admissão variável (VIS)
– partida a frio sem tanque auxiliar
– sistema Stop&Start
– monitoramento indireto da pressão dos pneus (iTPMS)
– indicador de troca de marchas no quadro de instrumentos
– pneus “verdes”
– alternador inteligente
– bomba de combustível inteligente
– óleos de baixo atrito para motor e transmissão

As alterações promovidas no propulsor fizeram o Renegade 1.8 Flex ficar mais potente, rendendo 7 cv a mais. Agora a potência máxima é de 139 cv a 5.750 rpm, com etanol.

O torque máximo subiu para 19,3 kgfm a 3.750 rpm e, mais importante, a força é entregue de forma mais linear por toda a faixa de giros.

As alterações resultam em melhor desempenho, maior agilidade nas situações mais corriqueiras de trânsito, mais prazer ao dirigir e menores índices de consumo e de emissões – até 10% a menos, dependendo da versão.

Com o coletor de admissão variável, também conhecido como VIS (sigla inglesa para Variable Intake System – sistema de admissão variável), o motor 1.8 EtorQ Evo passou a responder com mais presteza, algo notado especialmente em baixas rotações.

Afinal, estudos com os consumidores apontam que em 80% do uso urbano o motor opera abaixo de 2.000 rpm. Em resumo, são dois coletores em um só, gerando mais potência.

O sistema Stop&Start contribui decisivamente com a redução do consumo, desligando o motor em paradas de semáforo ou engarrafamentos, e religando de forma sutil, assim que se solta o pedal do freio (quando o câmbio é automático) ou a embreagem é pressionada (com a caixa manual). Ao lado do câmbio, uma tecla no console permite desligar o sistema, se o motorista preferir.

A função Autostop não se ativa em situações como: motor frio, veículo em rampa, bateria fraca e cinto do motorista desafivelado, entre outras.

A partida é dada sem ação do motorista se o motor estiver desligado por mais de três minutos e se o ar-condicionado estiver ligado (nesse caso, a parada é limitada a um minuto), para citar as principais condições.

Já o sistema eletrônico de partida a frio traz, além de economia, comodidade ao motorista, que não precisa mais se preocupar em abastecer o extinto tanquinho adicional de gasolina.

O recurso, que aquece o combustível dentro do tubo distribuidor, entra em ação sempre que a temperatura é inferior a 16°C e há mais de 70% de etanol no tanque.

Os pneus “verdes” completam as melhorias do carro e diminuem a resistência de rolagem, contribuindo em até 2% na redução do consumo de combustível. Além disso, eles geram menos ruído e têm desempenho mais constante ao longo da vida útil.

Para complementar esse hardware, um software faz o monitoramento da pressão dos pneus e avisa, pelo quadro de instrumentos, quando um deles está murcho.

Essa tecnologia é extremamente confiável e funciona por meio das leituras do ABS e do controle de estabilidade (ESC).

Outro importante e indispensável recurso que todo Renegade com o motor 1.8 Evo recebeu foi o modo de condução Sport. Acionando esse botão no painel, logo acima dos comandos do ar-condicionado, o carro não apenas apresenta uma sensação maior de prontidão, como realmente entrega mais desempenho.

O acelerador fica mais direto e, nas versões com câmbio automático de 6 marchas, o ajuste é focado em performance, demorando mais para trocar as marchas, entre outras medidas.

Exclusividades do Renegade

O único SUV compacto no Brasil com opção de motor turbo diesel e o primeiro veículo nacional com câmbio automático de 9 marchas, o Renegade oferece níveis de acabamento, de equipamentos e de segurança inigualáveis em sua categoria.

Entre os itens exclusivos que apresenta no segmento, destaque para:
– controle anticapotamento (de série em todas as versões)
– suspensão independente nas quatro rodas (de série em todas as versões)
– faróis diurnos (DRL), especialmente importantes com a nova legislação brasileira (de série em todas as versões)
– faróis de neblina com função cornering; ligam automaticamente para o lado em que se vira o volante, em baixa velocidade ou durante manobras (de série em todas as versões)
– ar-condicionado digital de duas zonas (de série na Longitude, Limited e Trailhawk)
– air bag para os joelhos do motorista (de série na Trailhawk)
– detectores de pontos cegos (opcional)
– duas variedades de teto solar; panorâmico e removível (opcionais)

Itens de Série Jeep Renegade 2019

Certamente, se já está sonhando com um Jeep Renegade 2018/2019, vai querer saber quaisos itens de série ele irá oferecer em suas versões.
Freios a disco nas 4 rodas;
Volante com revestimento de couro;
Faróis de neblina;
Teto solar;
Estepe;
Direção elétrica;
Sistema de tração;
Controle de estabilidade;
Stop/Start;
Comando do sistema de áudio e bluetooth no próprio volante;
Sensor de chuva;
Roda aro 18″;
Regulagem dos bancos;
Ar-condicionado digital;
Painel de instrumento;
Porta objetos com apoia braço;
Maçaneta externa;
Alarme;
Airbags laterias;
6 alto-falantes;
Freio de estacionamento eletrônico;
Tomada 12V porta-malas;
Teto solar;
Espelho interno;
Suspensão off road;
Controla tração;
Sistema de partida;
Sistema de navegação;
Câmera estacionamento traseira;
Piloto automático;
iTPMS;
Airbags dianteiro.

Ficha técnica do Renegade

Largura – 1798 mm
Entre-eixos – 2570 mm
Capacidade do tanque – 60 litros
Comprimento – 4232 mm
Capacidade do porta malas – 260 litros
Altura – 1666 mm

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?