Leilão: Uno, Celta e Strada são os mais cotados

Para quem costuma comprar veículos por meio de leilões vai uma informação superinteressante. Um levantamento feito pelo Superbid Marketplace em 2018 mostrou os seminovos e usados mais vendidos por meio da plataforma em 25 estados e no Distrito Federal naquele ano.

Auto
1 ano atrás
Leilão: Uno, Celta e Strada são os mais cotados

No caso de São Paulo, o estudo revelou que a Fiat é a marca mais vendida, com o maior número de vendas no estado em 2018. No top 3 dos paulistas estão o Uno, Celta e Strada.

De acordo com Paulo Scaff, CEO da MaisAtivo Intermediações, empresa de intermediação de bens de capital e de consumo duráveis no Superbid Marketplace, leiloar ativos vem se tornando uma prática cada vez mais comum entre as empresas como forma de recuperar o capital de bens que precisam ser desmobilizados. “Hoje, a maioria absoluta dos automóveis à venda no Superbid Marketplace são originários de renovação de frotas de empresas”, completa.

Outros estados

A Fiat também lidera em Minas Gerais, sendo a marca mais vendida, com a picape Toro sendo a mais popular em leilões online. No Espírito Santo, o Toyota Hilux ocupa o topo do ranking, enquanto no Rio de Janeiro a vantagem é do Renault Sandero.

Na região Sul, o Gol é o primeiro no Rio Grande do Sul e no Paraná e o terceiro mais vendido em Santa Catarina, onde ganha o Fiat Uno, assim como em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, ambos na região Centro-Oeste.

No Nordeste e também no Distrito Federal, a vantagem é da GM, com o Celta. A exceção é do Maranhão e do Piauí, onde os primeiros colocados são a Toyota Hilux e a Fiat Fiorino, respectivamente. O Fiat Argo é o mais vendido em Goiás, também no Centro-Oeste.

Já no Norte, a escolha varia. Fiat domina no Acre e no Tocantins, com a Fiorino e o Palio, enquanto o Amazonas (Gol) e o Pará (Amarok) optaram pela Volkswagen. Já no Amapá e em Rondônia, o topo do ranking é ocupado pelo Celta e Hilux, nessa ordem. Não há dados sobre Roraima.

Vantagens de comprar em leilões online

A compra e venda em leilões online têm se tornado cada vez mais populares entre os brasileiros. As vantagens para quem opta por esse tipo de negociação são muitas.

Para quem compra, o preço é sempre um grande atrativo já que geralmente o lance inicial dos bens fica bem abaixo do valor praticado no mercado. Além disso, o comprador oferece o que pode pagar, não comprometendo suas economias.

Outra grande conveniência é a possibilidade de dar lances de qualquer lugar e a qualquer hora, uma vez que o processo é inteiramente online.

O valor também é um benefício de leilões online às empresas ou empresários que vendem seus ativos. Como o anúncio da venda é feito para uma gama muito maior de possíveis compradores e vence quem paga mais, as possibilidades de maximização do lucro e a velocidade com que os ativos são vendidos são muito maiores.

Quais as desvantagens?

Embora quem busque esse tipo de veículo procura apenas a economia na compra, vale lembrar que a aquisição é válida apenas caso o carro ou moto estejam em bom estado de conservação de lataria e mecânica. Por isso, é necessário analisar a situação de cada veículo que você possui interesse antes que arrematá-lo. Caso contrário, tudo que você economizou pode acabar gastando em conserto mecânico.

Outro ponto de desvantagem que merece atenção é que o pagamento precisa ser a vista. Não existe financiamento nesses casos. Se você encontrar um carro perfeito para você, lembre-se que não conseguirá adquiri-lo sem ter o valor total no ato da compra. Buscar empréstimos em bancos para ter a grana na mão, só se valer muito a pena e conseguir uma boa taxa de juros.

Uma situação negativa que deve ser levada em consideração é que algumas seguradoras se negam a fazer o seguro de um carro comprado em leilão. Porém, a prática é ilegal. A empresa deve apresentar os motivos para não aceitar fazer o seguro nesse tipo de veículo. O simples fato de ter sido comprado em um leilão não é uma explicação aceitável para a lei.

Para uma seguradora se recusar a segurar um automóvel, ela precisa fazer primeiro uma vistoria técnica. Caso o seguro do veículo seja recusado, a empresa deverá apresentar justificativa plausível com os motivos que levaram à negativa. O Idec destaca ainda que a seguradora não pode cobrar valores desproporcionais somente porque o carro é proveniente de um leilão.

Se for o caso, procure um órgão de defesa do consumidor e denuncie.

Veículos leiloados

A maioria dos veículos leiloados é de origem de remoção da Polícia Militar, em perímetro urbano, por infrações que competem ao Estado fiscalizar, como racha, manobra perigosa, falta de licenciamento, veículo sem placa ou com a placa ilegível.

Veículos removidos por estacionamento irregular, por exemplo, são de responsabilidade das prefeituras. Aqueles removidos em estradas são de responsabilidade dos órgãos que atuam em rodovias, como o DER, Departamento de Estradas de Rodagem, e a PRF, Polícia Rodoviária Federal.

Já os veículos removidos por envolvimento em crimes são de responsabilidade da Secretaria da Segurança Pública de cada estado, e aqueles com pendências judiciais competem ao Poder Judiciário.

Cuidados ao comprar?

Como já dito anteriormente, antes de tudo, verifique se o leilão é regularizado. Encontre em sites de empresas de leilões e procure se há registro em um edital público.

Durante o leilão, pesquise os valores oferecidos e compare com os valores apresentados no mercado, principalmente em sites de venda online. Isso ajuda saber se vale apena adquirir um veículo de leilão.

Outro ponto capital é que se você não é da área de automóvel, trate de levar um mecânico de sua confiança para que ele analise os carros. Com alguém que entende, é mais fácil saber se vale a pena comprar carros de leilão.

Normalmente um dia antes do evento, a leiloeira libera os carros para visitação. Porém, somente é possível ver o veículo. Geralmente não é permitido abrir as portas e verificar o motor.

Lembre-se, também, de não dar um valor maior do que o carro vale somente para ganhar o leilão. A empolgação do momento pode levar ao prejuízo da compra. Antes de ir, faça uma pesquisa em ferramentas de compra e venda de veículos pela internet ou nos sites das concessionárias.

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?