Nova GL 1800 Gold Wing, muito mais arrebatadora

Quem esperava pela chegada GL 1800 Gold Wing já pode correr para uma concessionária DREAM do Brasil. De acordo com a Honda, as versões 2019 da motocicleta chegam dotada da mais atual tecnologia disponível e reconfirmam-se como a referência máxima no segmento.

Motos
1 ano atrás
Nova GL 1800 Gold Wing, muito mais arrebatadora

Preços e versões

A Honda Gold Wing está disponível nas cores cinza fosco para a versão GL 1800 Gold Wing e vermelha para a versão GL 1800 Gold Wing Tour. Esta última se difere oferecendo a transmissão DCT de 7 velocidades – ante a de 6 marchas convencionais na versão Gold Wing – airbag, suspensão traseira com ajustes eletrônicos pré-definidos em quatro posições: somente piloto, piloto e bagagem, piloto e passageiro, piloto, passageiro e garupa, altura do para-brisa e top box adicional.

GL 1800 Gold Wing – R$ 136.550,00
GL 1800 Gold Wing Tour – R$ 156.550,00

Os modelos têm garantia de 3 anos, sem limite de quilometragem e Honda Assistence em 5 países da América do Sul.

Objeto de desejo

Objeto de desejo desde seu lançamento em 1975, a Honda GL 1800 Gold Wing é um produto de quem almeja o máximo de uma motocicleta. Pensada para cruzar grandes distâncias com extremo conforto e segurança, o modelo atravessou as últimas quatro décadas no posto de máquina preferida dos motoristas de todo o planeta.

Nesta nova geração, a Gold Wing recebeu uma grande remodelação que preservou o caráter que deu à motocicleta a posição de ícone sobre duas rodas. O objetivo da Honda ao reprojetar cada componente desta versão foi o de oferecer aos fãs do modelo a excelência em termos de tecnologia motociclística, mantendo, porém, intacta a incomparável personalidade do modelo.

Motor e transmissão

A nova Gold Wing está mais compacta e leve que a versão anterior. Seu motor preserva a clássica arquitetura boxer de 6 cilindros, agora com cabeçotes Unicam de quatro válvulas por cilindro. Aperfeiçoado na gestão eletrônica, o motor pode ser ajustado de acordo com quatro diferentes riding modes – TOUR, SPORT, ECON e RAIN. Acelerador eletrônico, controle de tração, assistente de partida em subidas e sistema Start&Stop são outros aperfeiçoamentos introduzidos ao modelo Tour na versão 2019.

Apesar de preservar a mesma arquitetura e praticamente a mesma capacidade cúbica, o motor da Gold Wing ganhou mais potência (126 cv contra 118 cv) e torque (17,34 kgf.m ante 17,0 kgf.m) além de estar 3,8 kg mais leve (versão Tour) e 29 mm mais curto que o motor da Gold Wing anterior.

Acoplado ao motor está a última geração do moderno câmbio de dupla embreagem DCT com sete marchas, no caso da versão Tour. O piloto tem a opção de utilizá-lo no modo plenamente automático ou selecionar a marcha desejada através de comandos “+” e “–” situados no punho esquerdo do guidão.

O câmbio DCT que equipa a nova Gold Wing Tour oferece ainda a inédita modalidade ‘Walking Mode’, que movimenta a motocicleta em velocidade limitada para auxiliar o piloto nas manobras de estacionamento.

Chassi e ciclística

A parte ciclística – chassi e suspensões – da Honda fez da GL 1800 Gold Wing 2019 dispensa comentários, de acordo com as palavras de Yutaka Nakanishi, Large Project Leader, “uma das bandeiras tecnológicas da Honda.”

O inédito chassi duplo trave de alumínio fundido sob pressão da moto é 2 kg mais leve que o anterior. A posição de pilotagem, assim como o posicionamento do motor na estrutura, foi avançada. Tal solução associada à introdução de uma inovadora suspensão dianteira por duplo braço oscilante resultou em um comportamento estável e fluido tanto em velocidades baixas, típicas dos percursos urbanos, como em rápidas rodovias e percursos com curvas.

Independente da condição de uso, a Gold Wing excede as mais altas expectativas: os atuais parâmetros de comportamento ciclístico foram elevados de maneira significativa. Isso se deve não apenas à geometria do novo sistema, no qual se destaca a coluna de direção avançada, mas também ao atrito reduzido em cerca de 30% na suspensão por duplo braço oscilante em comparação ao sistema telescópico tradicional.

Na nova suspensão dianteira da moto, a função amortizante do sistema está separada do sistema de direção, o que resulta em 40% a mais de agilidade na ação do guidão.

A suspensão traseira é também inédita e se vale de uma balança de suspensão do tipo monobraço Pro-Arm conectada ao sistema Pro-Link, solução que favoreceu aspectos de manutenção e design, contribuindo para a ação mais progressiva da suspensão traseira, que assegura maior estabilidade e conforto.

Tanto a suspensão dianteira como a traseira da versão Tour dispõem de regulagem eletrônica automática, que obedece à seleção do Riding Mode. Também é possível intervir na regulagem da pré-carga da mola do amortecedor posterior através de um prático comando elétrico. São quatro as opções de ajuste consoantes à utilização: só piloto, piloto+bagagem, piloto+passageiro e piloto+passageiro+bagagem.

Quanto aos freios, na Gold Wing 2019 está presente o consagrado sistema D-CBS (Dual Combined Braking System) com ABS de última geração, que distribui a potência frenante nas duas rodas de acordo com o ajuste do Riding Mode. O freio dianteiro tem cálipers de seis pistões que atuam em dois discos de 320 mm, na traseira o cáliper é de três pistões e o disco 316 mm. O pneu dianteiro é 130/70 R18, enquanto, atrás o pneu é um 200/55 R16.

Um diferencial da moto em relação as concorrentes, consiste no fato da Honda GL 1800 Gold Wing 2019 Tour continuar sendo a única motocicleta da atual produção mundial dotada de Airbag de série.

Design e equipamentos modernos

Basta bater os olhos na moto Honda Gold Wing 2019 para entender que estamos diante de uma motocicleta contemporânea, que abre mão das linhas imponentes da versão anterior em busca de elegância associada à eficiência aerodinâmica, sem deixa de lado a “pitada” de esportividade.

“Formas sofisticadas, linhas tensas”. Esta foi a frase que guiou a equipe de projetistas da nova Gold Wing, cuja silhueta emana uma clara mensagem de equilíbrio entre capacidades dinâmicas superiores e a tradicional qualidade superior dos materiais empregados e o primoroso acabamento.

Dona de um estilo inconfundível onde se destacam a projeção da parte frontal, a harmoniosa linha de cintura e o elegante e acolhedor posto do piloto e acompanhante, o conceito aerodinâmico do novo modelo difere do anterior. Agora o piloto fica mais próximo do para-brisa, regulável tanto em altura como em inclinação, e um apurado estudo aerodinâmico permitiu melhorar não só o coeficiente aerodinâmico, visando melhor desempenho e eficiência, como dar a piloto e passageiro o conforto dinâmico digno de uma Gold Wing.

Os assentos continuam individuais para piloto e passageiro, a ergonomia é impecável e no “top box” e nas protetivas malas laterais há capacidade de transportar uma grande quantidade de bagagem – 110 litros, na versão Tour.

Neste novo cockpit se destaca o painel com tela TFT colorida de 7 polegadas, que oferece o mais completo nível de informações sobre a motocicleta, sistema de áudio, navegação e do controle de tração HSTC (Honda Selectable Torque Control), regulagem de suspensão e Cruise Control.

A Gold Wing Tour 2019 é compatível com o Apple CarPlay e a conectividade é facilitada pela porta USB e Bluetooth. Abaixo, a lista dos principais itens da rainha das Grã-Turismo, renovada para continuar a nº 1 da categoria.

Em meio a tantas novidades, a motocicleta oferece ainda:

Sistema de gestão e controle do aquecimento e dos fluxos de ar

Para-brisa regulável eletricamente variando inclinação e altura

Cruise Control de ação gradativa com sistema TBW (Throttle By Wire)

Ampla capacidade de carga e top box para dois capacetes integrais

Display TFT de 7″ com informações completas de áudio e navegação

Conectividade Apple CarPlay, Bluetooth e USB

Full-LED e indicadores de direção com desarme automático

Smart Key com comando para abertura de malas laterais e top box

Novo chassi dupla trave de alumínio

Suspensão dianteira por duplo braço oscilante

Suspensão traseira com nova balança monobraço Pro-Arm

Regulagem eletrônica das suspensões com base no Riding Mode

Pré-carga da mola/amortecedor traseiro regulável eletricamente (Tour)

Freios combinados D-CBS (Dual Combined Braking System) com ABS

Novo motor boxer 6 cilindros de 1.833 cc, cabeçotes de 4 válvulas

Acelerador eletrônico TBW (Throttle By Wire) e 4 Riding Modes

Controle de tração HSTC (Tour)

Start&Stop com sistema ISG (Integrated Starter Generator)

Sistema HSA (Hill Start Assist) para saídas em subida

Novo câmbio DCT (Dual Clutch Transmission) com 7 marchas (Tour)

Função ‘Walking Mode’ para manobras de estacionamento

Integração total entre os 4 Riding Mode e o câmbio DCT (Tour)

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?