Novo Chevrolet Monza, um sucesso na China

Embora existissem rumores, ninguém acreditava muito que isso seria verdade. Mas, foi e o resultado é muito bom. Estamos falando de um veículo clássico do mercado brasileiro que acaba de ser ressuscitado na China: o Monza.

Carros
2 anos atrás
Novo Chevrolet Monza, um sucesso na China

A nova geração chega depois de também ‘ressuscitarem’ o Ford Escort e o Volkswagen Santana. A notícia triste é que o modelo foi desenvolvido exclusivamente para o mercado asiático, portanto, não alimente as esperanças sobre o retorno do Monza ao Brasil. Um pena, pois fez muito sucesso por aqui e seria muito bem aceito novamente pelos brasileiros.

Nova geração

A nova geração do Monza foi apresentada pela Chevrolet no Salão de Guangzhou. Revelado na versão RS, que tem visual mais agressivo, o sedã médio estreia com a missão de representar a marca no segmento médio, bastante competitivo na China.

Quando o assunto é design, o novo Monza carrega o atual DNA da GM por lá e tem como marca registrada a dianteira com faróis integrados à grade frontal cromada, bem como a ampla e proeminente entrada de ar inferior. A quem diga que a agressividade da dianteira destoa do restante do veículo.

Construído sobre a mesma plataforma D2XX do Chevrolet Cruze, Buick Excelle e Verano, o Chevrolet Monza será mais uma alternativa de sedã médio da General Motors na China. Em preço e posicionamento de mercado, ele ficará entre o Cavalier (que usa a plataforma do antigo Cruze) e do Cruze atual.

Em imagens antecipadamente vazadas na internet já era possível, ver que o Monza 2019 mescla elementos dos novos Prisma/Onix e do Malibu. É possível que o modelo influencie a segunda geração do Cobalt que já está em desenvolvimento.

A dianteira é marcada pela larga grade frontal que recebe um friso cromado dividindo a peça em dois. O cromado também serve de conexão entre os dos faróis.
Na parte traseira, as lanternas terminam na tampa, que por sua vez carrega um discreto aerofólio. Além disso, as falsas aberturas de ar em forma de L em ambos os pára-choques também foram criadas para harmonizar com a entrada de ar frontal.

Versões esportivas

Além das variantes com visual mais sereno, o Chevrolet Monza 2019 terá duas variantes esportivas. A RS traz para-choques mais esportivos, com entradas de ar maiores, aerofólio traseiro, máscara negra nos faróis, logotipo da Chevrolet em preto e uma barra cromada conectando as lanternas. Já a versão Red Line apela para elementos com gravata, retrovisores, aerofólio e rodas em preto, além de detalhes em vermelho por toda carroceria.

A carroceria conta com vincos em forma de arco, com grande área envidraçada e perfil de sedã tradicional, sem apelar para o visual de cupê como o Cruze. A traseira exibe mais elementos do Malibu e do novo Prisma, a exemplo das lanternas visualmente recortadas e para-choque com vincos integrados à tampa do porta-malas.

O sedã mede 4.630 mm de comprimento, 1.798 mm de largura e 1.485 mm de altura, com distância entre-eixos de 2.640 mm. Em termos de motores são duas opções: 1.0 turbo de 125 cv (batizado de 320T) e 1.3 turbo de 163 cv (330T), ambos associados ao câmbio automático de seis marchas.

Lançado no Brasil em 1982 e sucesso de vendas naquela década, se tornando um clássico por aqui, o renascido Monza chinês é produzido pela joint venture SAIC-GM. O sedan terá como missão encarar rivais do mesmo porte, como o Toyota Corolla e Volkswagen Jetta.

Motorização

Na China, o novo Monza terá dois motores. As versões de entrada serão equipadas com um 1.0 turbo de 115 cv com consumo registrado de 19,6 km/l em ciclo misto. Já os Chevrolet Monza mais completos virão com o novo 1.3 turbo de 156 cv e consumo de 17,3 km/l em ciclo misto. As opções de transmissão não foram reveladas.

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?