Novo Jeep Wrangler, espetáculo garantido

Com estreia marcada primeiro semestre de 2019, a quarta geração do SUV mais capaz de todos os tempos, Jeep Wrangler, chega com novidades, incluindo a inédita versão Rubicon. Conhecido também pelo código JL, o novo modelo traz ainda mais da incomparável capacidade off-road, maior uso de alumínio na carroceria, mais tecnologia e conectividade na cabine e um conjunto mecânico inteiramente novo. Tudo com design renovado, porém ainda fiel às origens.

Carros
2 anos atrás
Novo Jeep Wrangler, espetáculo garantido

Inteiramente reformulado, o modelo ganhou motor 2.0 turbo e câmbio de oito marchas, além de carroceria mais leve. Todas a novidades puderam ser vistas durante o 30º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo.

Preços e versões do Wrangler

Até o lançamento da Rubicon, duas versões formam a família Jeep Wrangler. São elas:

Jeep Wrangler Sport – R$194.490
Jeep Wrangler Sahara – R$ 209.990

Motor 2.0 turbo inédito

Agora, o Wrangler conta com o inédito motor 2.0 turbo, com injeção direta de gasolina, que rende 272 cv e 40,8 kgfm. Combinado a ele está um moderno câmbio automático de oito marchas e a tração 4×4 com reduzida. Pela primeira vez na história do Jeep Wrangler, há uma caixa de transferência de duas velocidades com opção de tração integral permanente.

Por dentro, os ocupantes encontram mais espaço e acabamento refinado, além de muita tecnologia embarcada, com a quarta geração do sistema Uconnect. Além da tela multimídia de até 8,4 polegadas e de ser compatível com Android Auto e Apple Car Play, o conjunto inclui tela multifuncional de LED dentro do quadro de instrumentos.

O Novo Jeep Wrangler estará disponível no primeiro semestre de 2019 nas carrocerias de duas e quatro portas (Unlimited), incluindo – pela primeira vez no país – a versão Rubicon, com uma série de upgrades para o off-road pesado. Entre elas, o sistema Rock-Trac com eixos Dana 44 de última geração e relação reduzida de 4:1. Há ainda diferenciais de bloqueio eletrônico Tru-Lok e barra estabilizadora eletronicamente desconectável, para aumentar a articulação da suspensão.

Tributo aos Jeep Willys

O Novo Wrangler é baseado em um desenho imediatamente reconhecível, graças a detalhes de estilo tradicionais da Jeep. Os traços externos são ousados e rústicos, com linha de cintura mais baixa e janelas maiores para melhor visibilidade, especialmente nas trilhas.

A equipe de design da Jeep deu à lendária grade de sete fendas um olhar atualizado que agora mostra as duas fendas nas pontas sendo “invadidas” pelos faróis, homenageando modelos como o Jeep CJ-5 (produzido no Brasil entre 1957 e 1982). Outro destaque na dianteira é a parte superior da grade, que foi suavemente inclinada para melhorar a aerodinâmica.

Encare tudo com o Jeep Wrangler

Com características marcantes de um autêntico Jeep, o Wrangler é derivado da histórica linha de veículos militares da montadora. Mantendo a vocação off-road atributo da marca, o modelo recebe novidades, mas continua totalmente pensado para situações em terrenos acidentados. A ideia é oferecer o máximo de versatilidade para quem tem perfil aventureiro, mas sem abandonar o conforto. O veículo pode ser adquirido em versões com 2 ou 4 portas.

O novo Jeep Wrangler oferece uma capacidade off-road lendária graças a dois sistemas 4×4 avançados e, pela primeira vez na história do Wrangler, uma caixa de transferência de duas velocidades com tração integral permanente e uma relação reduzida de 2,72:1 disponível para a versão Sahara. Chamada de Selec-Trac, essa nova caixa de transferência é intuitiva e permite que o condutor o configure e esqueça, enquanto a força é constantemente entregue às rodas dianteiras e traseiras.

No sistema Command-Trac 4×4, a caixa de reduzida tem relação de 2,72:1, e eixos dianteiros e traseiros Dana de última geração e relação no eixo traseiro de 3,45:1. No Wrangler Rubicon, o sistema Rock-Trac 4×4 tem eixos Dana 44 de última geração e alto desempenho com relação reduzida de 4:1. A relação 4,1 do eixo dianteiro e traseiro é padrão, assim como os diferenciais de bloqueio eletrônico Tru-Lok.

Ambos os sistemas Command-Trac e Rock-Trac oferecem gerenciamento de torque em tempo integral, ideal para condições de baixa tração. É possível ainda equipar o Wrangler com o Trac-Lok, um diferencial traseiro de deslizamento limitado que oferece torque e aderência extras durante situações escorregadias e de baixa tração, como a condução sobre areia, cascalho, grama molhada, lama fina, neve ou gelo.

Versão moderna e um design autêntico

O novo Wrangler é baseado em um desenho prontamente reconhecível devido a detalhes de estilo tradicionais da Jeep. O novo design exterior do off-road é ousado e rústico, com linha de cintura mais baixa e janelas maiores para melhor visibilidade externa, especialmente nas trilhas.

Na versão Sahara, os faróis de LED e as luzes de neblina disponíveis oferecem luz branca e aumentam a distinção do Wrangler. O modelo apresenta luzes diurnas que agora formam um aura em torno do perímetro exterior dos faróis e os setas de direção em LED estão posicionados na frente dos para-lamas trapezoidais. Atrás, as tradicionais lanternas quadradas podem ser de LED.

Dezenas de diferentes combinações de porta, capota e para-brisas permitem infinitas possibilidades de configuração. Um novo design de meia porta estará disponível a partir de 2019.

A inclinação do para-brisa foi otimizada para melhorar a aerodinâmica e possui um novo design de quatro parafusos na parte superior da moldura do para-brisa para permitir que ele se dobre rápida e facilmente. Uma nova barra transversal dianteira agora conecta as colunas A e permanece no lugar mesmo quando o para-brisa é rebatido. Isso permite que o espelho retrovisor permaneça no lugar mesmo com o para-brisa dobrado.

As novas e mais leves portas de alumínio de alta resistência têm um detalhe extremamente funcional: está impresso na dobradiça o tamanho da ferramenta necessária para remover as portas. Como novidade, todos os Wranglers apresentam barras esportivas coloridas, que são soldadas ao corpo e possuem alças integradas.

Único SUV 4×4 para uso ao ar livre, o Wrangler conta com uma inédita opção de capota elétrica, chamada de Sky One-Touch, que permite rebater completamente a cobertura de lona simplesmente pressionando um botão. Ela estará disponível a partir do segundo trimestre de 2018.

Motorizações avançadas e eficientes

O motor EcoDiesel V6 de 3 litros e o novo quatro-cilindros 2.0 com turbocompressor juntam-se à linha Wrangler, que mantém o comprovado Pentastar V6 de 3,6 litros, que teve melhorias significativas para 2018.

Veja o que cada um dos propulsores oferece:

O novo motor turbo de 2 litros, 4 cilindros em linha e injeção direta oferece 270 cv de potência e 40 kgfm de torque, tornando-o o melhor da sua categoria. Juntamente com uma transmissão automática de 8 velocidades, seu torque supera o do motor V6 também oferecido no Wrangler 2018. O uso da nova tecnologia eTorque ajuda a melhorar a economia de combustível e as emissões, as arrancadas e o conforto nas operações do sistema Stop/Start.

Esse novo propulsor possui um turbocompressor twin-scroll (fluxo duplo) de baixa inércia com um válvula waste-gate de atuação eletrônica para resposta e desempenho excepcionais, mesmo em terrenos difíceis. O turbo é montado diretamente no cabeçote para melhorar a durabilidade. Um circuito de refrigeração dedicado reduz a temperatura do ar de admissão, do corpo do acelerador e do turbo.

O motor 3.6-litros Pentastar V-6 da FCA oferece 285 cavalos de potência e 36 kgfm de torque e agora possui o motor Stop-Start (ESS) como equipamento padrão. Ele é projetado para fornecer uma ampla gama de torque com uma ênfase especial no torque a baixas rotações, aspecto crucial na direção extrema do off-road.

Uma transmissão manual de seis velocidades totalmente nova é padrão em todos os modelos Wrangler equipados com o Pentastar V-6 de 3.6 litros e uma transmissão automática de oito velocidades é oferecida como opção no Wrangler 2018.

Já o motor EcoDiesel V6 de 3 litros estará disponível a partir de 2019 nas versões de 4 portas do Wrangler, com 260 cv de potência e 61 kgfm de torque, bem como sistema Stop-Start (ESS) de série. Uma nova transmissão automática de 8 marchas também vem como padrão, retralhada para lidar com o aumento de torque. O EcoDiesel V6 implementará a nova tecnologia de turbocompressor com rolamento de baixa fricção projetado para funcionar em baixas velocidades e em situações de transição onde a resposta imediata é necessária.

Transmissão automático de 8 marchas

O novo Jeep Wrangler, em todas as versões, oferece uma transmissão automática opcional de oito velocidades, que permite que os motores melhorem seu desempenho em trilhas off-road e forneçam energia de forma suave e eficiente às velocidades da rodovia. Um conjunto único de dois índices de overdrive melhoram a economia de combustível da rodovia e reduzem os níveis gerais de ruído, vibração e aspereza (NVH).

De série, aparece a nova transmissão manual de seis velocidades. O conjunto tem um design único que emprega novas relações de engrenagem, incluindo uma relação de rastreamento melhorada, um novo padrão de engrenagem e uma unidade de cabo que elimina a vibração da alavanca de mudança e promove o isolamento do som.

Ficha técnica Jeep Wrangler Motor: 3.6

  • Transmissão: Automática com modo manual de 5 marchas
  • Aceleração (0 à 100km/h): N/D
  • Velocidade Máxima (km/h): N/D
  • Cilindrada (cm3): N/D
  • Potência (cv): N/D
  • Torque (kgfm): N/D
  • Freios: Quatro freios à disco com dois discos ventilados
  • Comprimento: 4223 mm
  • Largura: 1873 mm
  • Altura: 1840 mm
  • Distância entre eixos: 2423 mm
  • Peso: 1759 kg
  • Porta – Mala (L): 142
  • Direção: Elétrica
  • Tanque de Combustível: 70 L

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?