Polo e Virtus GTS, dupla faz sucesso antes do lançamento

As imagens que vazaram são do Virtus, mas desconsiderando a parte traseira por ser um sedã, dá para se ter uma ideia de como será também o Polo GTS. Publicadas em redes sociais, as imagens dão uma ideia de como será a versão esportiva do sedã. O carro deverá chegar às lojas em breve com poucas diferenças em relação ao protótipo mostrado no Salão do Automóvel, em novembro de 2018.

Carros
1 ano atrás
Polo e Virtus GTS, dupla faz sucesso antes do lançamento

O VW Virtus GTS fará par com o Polo GTS e ambos vão ser equipados com motor 1.4, turbo flex, capaz de gerar 150 cv e 25,5 kgfm de torque, força transmitida para as rodas dianteiras pelo sistema de transmissão com câmbio automático, de seis marchas.

As fotos que vazaram revelam que o VW Virtus GTS terá detalhes exclusivos no visual, como faróis e lanternas com lentes escurecidas. Na frente, haverá um friso vermelho ao longo da grade do radiador e que passa pelo meio dos faróis. Além disso, os para-choques tanto do sedã quanto do hatch terão entradas de ar mais largas e com pintura preta brilhante, assim como as carcaças dos retrovisores.

VW Virtus e Polo GTS

Em relação aos conceitos exibidos no Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro passado, a única mudança aparente está na adoção de rodas com uma polegada a menos de diâmetro, 17, e desenho idêntico ao de protótipos do Jetta 2.0 que rodam no Brasil.

Estas rodas mais simples devem ser oferecidas como item de série. Enquanto isso, o jogo de 18 polegadas herdado do Polo GTI europeu, e que constava em Polo e Virtus GTS conceitos do Salão do Automóvel, ficará como opcional

Outra situação que as imagens vazadas mostram é que o VW Virtus GTS terá um discreto defletor de ar na traseira, instalado na tampa do porta-malas.

Além do motor 1.4 turbo flex, que apenas a versão GTS de Virtus e Polo terão, os esportivos deverão contar com suspensão recalibrada e itens no interior que remetem ao caráter exclusivo dos modelos, como bancos e volante com costuras vermelhas entre os detalhes.

A lista de equipamentos que apenas a dupla ostentará deverá ter também filetes de LED nos faróis. De acordo com informações junto a parceiros, os bancos serão esportivos, com padrão até melhor que o adotado no Polo GTI europeu

Existe a possibilidade em relação ao desempenho tanto do VW Virtus quanto do Polo GTS. Tomando como base do SUV T-Cross 1.4 turbo flex, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 8,7 segundos, conforme a fabricante. Como o Polo será bem mais leve que o SUV e terá acerto mais esportivo, esse tempo tende a ser menor, levando em conta a relação entre peso e potência.

Família GTS

Quem viveu nos anos de 1980 sabe o quão sucesso fez as siglas GT, GTI e GTS nos modelos Gol e Golf da Volkswagen. Resgatando essa história, o VW Polo GTS é mais um na incubadora da marca alemã.

Levando em consideração seus esportivos mais recentes, como Jetta 2.0 TSI e Golf GTI, os fãs logo ficaram animados para uma versão apimentada, tanto do hatch quanto do sedã Virtus.

Bancos melhores que os Recaro

Parte da história da montadora, as duas situações mais marcantes no interior de qualquer esportivo da Volkswagen sempre serão o volante e os bancos. Basta buscar na memória esses itens presentes no antigo Gol GTS e seu emblemático volante “quatro bolas”.

Outro fato marcante e de sucesso entre os jovens da época nos modelos esportivos da montadora alemã eram os belos e confortáveis bancos Recaro que se tornaram quase uma assinatura dos carros de playboy das décadas passadas.

Polo e Virtus GTS mostrados no Salão do Automóvel 2018 trazia bancos dianteiros com abas grandes e firmes; eles estarão nos modelos de produção, com encostos laterais bem ressaltados. Um engenheiro da Volkswagen também garantiu a mídia presente no evento que os assentos são melhores que os modelos Recaro, superando até os que equipam o Polo GTI europeu. É ver para crer.

Led agora é de série

Em busca de mostrar diferencial para os modelos convencionais, o Polo GTS ganhou detalhes em LED nos faróis das unidades mostradas no Salão do Automóvel.

A boa notícia é que o comprador não irá pagar mais caro por isso. Até o momento, o plano é integrar esta acentuação estética de série em todas as versões. Mas não custa salientar que que faróis de LED são opcionais no Golf GTI, em um pacote que inclui uma infinidade de outros dispositivos por R$ 9,5 mil.

Veloz e dinâmico

Para mostrar que pode ser melhor que seus concorrentes como Snadero R.S., por exemplo, a Volkswagen promete construir um carro igualmente veloz, porém dinâmico. Se assim for, teremos um Polo GTS rápido nas retas e estável nas curvas, assim como seu irmão mais velho, Golf GTI. Em busca de alcançar esse resultado, a fabricante investirá em um motor leve, dinâmico e turbinado.

Mesmo com a comparação do Sandero R.S, o Polo GTS será um carro “único” em sua categoria. O modelo da marca francesa parte de R$ 67.790, enquanto o Volkswagen dificilmente escapará da faixa dos R$ 100 mil. Sendo assim, os modelos não se enfrentam em valores e os engenheiros da marca também enxergam o modelo da Renault como um rival em potencial.

Apimentado como os fãs esperam

Apenas a título de comparação, T-Cross leva o mesmo motor de Golf e Jetta. Estamos falando do conhecido e espetacular 1.4 TSI de 150 cv a 4.500 rpm e 25,5 kgfm a 1.500 rpm. Mas há a chance desses números ficarem melhores, uma vez que o representante da engenharia da Volkswagen promete que dupla Polo e Virtus será mais apimentada.

Isso não representa que o modelo GTS do hatch do sedã será mais potente que os outros modelos equipados com o 1.4 TSI. Talvez o modelo sofra alterações na escalonagem das marchas na transmissão, tudo indica que será automática, ou modificações no mapeamento do módulo eletrônico do motor, podendo alterar a curva de torque.

De acordo com a fabricante, o T-Cross Highline acelera de 0 a 100 km/h em 8,7 segundos. Como o Polo será bem mais leve que o SUV e terá acerto mais esportivo, esse tempo tende a ser menor, levando em conta a relação entre peso e potência. A média deve ser mantida pelo sedã, mais pesado por ser maior.

O que importa é que essa decisão mantém a tradição dos esportivos da Volkswagen, entre os quais as versões GTS e GTI do Gol, que vinham com uma série de diferenças na comparação com as demais, o que incluía não apenas itens de acabamento e estética, mas também na parte mecânica e ajustes estruturais.

Dupla chega ainda em 2019

Com todo esforço voltado para o lançamento do T-Cross nesse momento, o cronograma da Volkswagen fica menos carregado para o resto do ano. Será nesse momento que a marca vai dar atenção especial e focar no lançamento da dupla Polo e Virtus GTS. Existia a possibilidade de surgirem ainda em maio, mas tudo indica que ficará para o segundo semestre.

Aos amantes e fãs dos modelos resta segurar a empolgação e aguardar pelo lançamento do VW Polo GTS e VW Virtus que deverão fazer sucesso. Há até quem já esteja guardando grana para investir nos modelos. Em meio a esses estão até pessoas que tiveram o prazer de pilotar os carros esportivos da década de 1980 da montadora alemã.

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?