Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid, o mais potente de todos

A Porsche continua focando consistentemente na mobilidade eletrônica. Com a linha Cayenne seguindo a série Panamera, a marca apresenta agora um híbrido plug-in como seu novo modelo principal.

Carros
1 ano atrás
Porsche Cayenne Turbo S E-Hybrid, o mais potente de todos

O Cayenne Turbo S E-Hybrid teve as primeiras imagens divulgadas essa semana pela montadora. O modelo foi apresentado nas versões SUV e SUV-Coupé. O veículo agora é a o Cayenne mais potente já produzido com 680 cv combinados.

Uma combinação de elemento foi o que permitiu a Porsche chegar a esses resultados. Nessa junção, aparecem o V8 4.0 biturbo do Cayenne Turbo com um motor elétrico de 134 cv do Cayenne E-Hybrid. Com isso, ele é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos. A velocidade máxima fica em 293 km/h.

Carregamento rápido

São tantas inovações, que logo no lançamento já surpreendem. O pacote de baterias de íons de lítio de 14,1 kWh, por exemplo, pode ser recarregado a 100% em menos de 2h30 com um ponto de carga rápida de 240V e 50 Amperes. Em uma tomada convencional de 230V e 10 amperes, a bateria é recarregada em seis horas.

Com o carregamento concluído, o carro consegue de forma suficiente entregar autonomia de até 43 km e atingir velocidades de até 135 km/h apenas no modo elétrico.

O motor elétrico fica alocado entre o V8 e a transmissão automática Tiptronic de oito velocidades. Os dois motores ficam conectados por um conjunto de embreagem que faz com que o V8 seja acionado quando necessário.

Itens de série

Falar em itens de série em um carro dessa amplitude e chover no molhado, mas vamos lá: entre os existentes estão freios de composto de carbono e cerâmica, barras antirrolagem ativas e vetorização de torque no eixo traseiro. Ele traz ainda o pacote Sport Chrono, que adiciona volante multifuncional com o comando dos modos de condução (Hybrid Auto, Sport e Sport Plus) e controle de largada integrados.

Outros componentes do novo Cayenne são o controle dinâmico de chassi (PDCC), rodas de 21 polegadas de liga-leve, suspensão a ar com três câmaras de ajuste. Como opcionais há o eixo traseiro direcional e rodas de 22 polegadas.

Todos os modelos Cayenne incluem conectividade total como padrão. Isso permite navegação on-line com informações de trânsito em tempo real, controle de voz on-line inteligente e serviços abrangentes do Porsche Connect, incluindo a busca por estações de carregamento públicas.

Porsche Cayenne híbrido no Brasil

Recentemente, a Porsche iniciou a pré-venda do E-Hybrid no Brasil. O modelo custa R$ 435 mil e virá importado da Alemanha. As primeiras unidades da pré-venda chegam ao País em outubro.

O Cayenne E-Hybrid associa um motor V6 3.0 turbo a gasolina, de 340 cv, a um elétrico de 100 kW (o equivalente a 136 cv). A combinação desses motores entrega uma potência máxima de 462 cv. O torque é de 71,3 mkgf.

Para aqueles que ainda não sabem como funciona essa combinação de motores, no caso desse SUV, ele conta com propulsor V6 de três litros (250 kW / 340 cv) combinado com um motor elétrico (100 kW / 136 cv) para gerar 340 kW (462 cv) de potência.

O torque máximo, de 700 Nm, é disponibilizado logo acima da rotação de marcha lenta. A propulsão híbrida plug-in do Cayenne permite a aceleração de 0 a 100 km/h em 5,0 segundos e uma velocidade máxima de 253 km/h.

De acordo com a Porsche, o novo Cayenne E-Hybrid pode percorrer uma distância de 44 quilômetros e alcançar velocidade de 135 km/h usando apenas eletricidade. O SUV conta ainda com 462 cv de potência de sistema com conceito de impulsão adicional do 918 Spyder.

No modo elétrico, o Cayenne E-Hybrid pode rodar por até 44 km e atingir a velocidade máxima de 135 km/h. Usando os dois motores, ele acelera de 0 a 100 km/h em 5 segundos e atinge velocidade máxima de 253 km/h, limitada eletronicamente.

Como funciona a recarga

Nessa nova geração do Cayenne E-Hybrid, a bateria de alta voltagem localizada sob o porta-malas é carregada totalmente em 7,8 horas por meio de uma conexão de 230 volts e 10 amperes. Se for usado o carregador de bordo opcional de 7,2 kW e uma conexão de 230 volts com 32 amperes como alternativa ao carregador de série de 3,6 kW, a bateria é “preenchida” novamente em apenas 2,3 horas.

Em meio aos atributos digitais disponíveis, destaque para o modo E-Power no console. Com ele, o pedal do acelerador passa a ter dois níveis: o primeiro limita os esforços ao motor elétrico, mas um pouco mais de força no pé o leva ao segundo estágio, que acorda o motor V6.

Há um marcador que funciona como uma espécie de econômetro: mostra quando o motor elétrico está atuando para recarregar a bateria, para mover o carro ou quando o motor V6 está em ação.

Por enquanto, a Porsche oferece 23 estações próprias de recarga espalhadas por 5 estados diferentes: São Paulo, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Minas Gerais e Paraná, mas outros carregadores podem ser utilizados.

Transmissão

Se liga nos detalhes da transmissão da mais nova supermáquina da Porsche que reprojetou o trem de força do Cayenne E-Hybrid.

O módulo híbrido consiste de uma combinação altamente integrada do motor elétrico com uma embreagem de separação. Diferentemente do sistema eletrohidráulico anterior, com atuador mecânico, a embreagem de separação agora é operada eletromecanicamente, o que garante tempos de reação ainda mais rápidos.

A transmissão ganhou o novo câmbio Tiptronic S recentemente desenvolvido para toda a linha Cayenne, com oito velocidades. A caixa de câmbio automática não apenas permite uma arrancada mais confortável e suave, mas também aumenta significativamente a velocidade das trocas de marchas. A interrupção da força de tração durante o processo de troca também foi reduzida ainda mais.

Tração integral ativa

Com o sistema de Gerenciamento de Tração da Porsche, o Porsche Traction Management – PTM, o Cayenne E-Hybrid possui tração ativa permanente nas quatro rodas distribuída através de uma embreagem multidiscos eletronicamente comandada, controlada por mapeamento.

Com sua ampla faixa de distribuição de torque, esse sistema proporciona claras vantagens em termos de dinamismo de condução, agilidade, controle de tração e capacidade off-road. Graças ao chassi completamente novo, o Cayenne E-Hybrid proporciona o mesmo dinamismo de condução de carro-esporte disponível em todos os modelos da nova geração do Cayenne.

O sistema de gerenciamento ativo da suspensão, chamado de Porsche Active Suspension Management – PASM, é disponibilizado de série. Itens opcionais incluem o sistema elétrico de estabilização de rolagem Porsche Dynamic Chassis Control (PDCC) e um engate para reboque para cargas de até 3,5 toneladas.

Novos itens opcionais

Junto ao lançamento do Cayenne E-Hybrid, a Porsche está expandindo sua gama de sistemas de assistência e itens opcionais para toda a linha, com uma variedade de inovações.

Pela primeira vez, o head-up display é oferecido num Porsche: ele projeta todas as informações mais importantes sobre a condução diretamente na linha de visão do motorista, num mostrador totalmente colorido.

Outros novos itens agora disponíveis no Cayenne são o copiloto digital inteligente Porsche InnoDrive com controle de velocidade de cruzeiro adaptativo, bancos com massagem, um para-brisa aquecido, aquecimento independente com controle remoto e rodas de 22 polegadas de metal leve.

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?