Sandero R.S. mantém seus dotes na linha 2020

Muitos brasileiros ainda ‘entortam’ o nariz quando falam de carros de algumas montadoras. A Renault é uma delas que ainda enfrenta resistência com alguns de seus modelos, se comparado a concorrentes de montadoras tradicionais do Brasil. Isso normalmente ocorre com veículos de entrada, mas com a versão esportiva do Sandero, a conversa é diferente.

Carros
2 semanas atrás
Sandero R.S. mantém seus dotes na linha 2020

Tudo começou em 2015 quando o hatch ganhou um sobrenome de peso no mercado brasileiro. Estamos falando da versão R.S. 2.0, o primeiro Renault Sport fabricado e comercializado no Brasil. A versão RS é, de longe, a mais gostosa de dirigir da linha Sandero.

A versão esportiva teve importantes mudanças mecânicas como motor, câmbio, suspensão, freios, assistente de partida em rampas e controle eletrônico de estabilidade, entre outras, e estéticas. Desenhado e desenvolvido na França pela Renault Sport, em conjunto com as equipes de design e engenharia da América Latina, o Sandero R.S. 2.0 é um legítimo esportivo.

Essa versão se destaca por sua capacidade de proporcionar sensações esportivas desde o primeiro toque no acelerador, além de muito prazer na utilização diária.

Preço

O Renault Sandero R.S. 2.0 é vendido por R$ 69.690 e traz de série com assistente de partida em rampas (HSA); controle eletrônico de estabilidade (ESP), controle de tração (ASR), Media Evolution, ar-condicionado automático, câmera de ré, retrovisores elétricos, vidros traseiros elétricos, piloto automático (controlador e limitador de velocidade) e rodas de liga leve de 17 polegadas na cor preta diamantadas.

O único opcional do novo Sandero R.S. da linha 2020 é a pintura metálica, a pintura branca é de série. As opções de cores são o novo vermelho Fogo, prata Étoile e preto Nacré.

Linha 2020

Com motor 2.0 aspirado, que entrega 150 cv e 20,9 kgfm com etanol, associado a um câmbio manual de 6 velocidades com relações curtas para maior esportividade, o “hot hatch” atinge a velocidade máxima de 202 km/h e vai de 0 a 100 km/h em apenas 8,0 segundos.

Na linha 2020, o Sandero R.S. 2.0 traz novas rodas diamantadas de 17 polegadas na cor preta diamantadas e herdou características da série limitada Racing Spirit, como as pinças de freio na cor vermelha, que, juntamente com a nova assinatura luminosa traseira em LED, a dianteira com a lâmina F1, o aerofólio preto, o duplo escapamento e os novos adesivos nas laterais com a assinatura Renault Sport, que reforçam a esportividade do modelo.

O interior também traz características herdadas da série limitada Racing Spirit, como o teto na cor preta e os bancos com faixas duplas na cor vermelha. No apoia braço, as portas ganharam revestimento de tecido que parece fibra de carbono, ressaltando a esportividade do Sandero R.S. 2.0.

Ronco do motor

Quem dirige esse modelo, além de notar boas respostas do acelerador, percebe outras qualidades. Uma delas é o som grave do motor que invade levemente a cabine e torna a condução mais agradável. Com relações curtas, o câmbio manual aproveita muito bem a força do motor. Os engates são precisos, e a alavanca alta, mais perto do volante, facilita as trocas.

Com preparação feita em parceria com a divisão esportiva RS, da Renault francesa, o Sandero aceita muito bem até algumas estrapolações na pista, como frenagens fortes nas entradas de curvas e contornos mais ousados. A suspensão firme garante pouca inclinação da carroceria e alta estabilidade.

Sistema R.S. Drive

A suspensão esportiva e exclusiva, associada tanto à direção eletro-hidráulica tunada pela Renault Sport Cars como ao sistema de freios a disco nas quatro rodas, proporciona excelente desempenho, garantindo estabilidade e segurança. E com o sistema R.S. Drive é possível escolher ainda entre três modos de condução: Standard, Sport e Sport+:

Modo Standard: Este é o modo mais seguro para uso diário. O ESP e o ASR ficam ligados. O Modo Standard não exige nenhuma intervenção do motorista (ativado por padrão).

Modo Sport: pedal com respostas mais rápidas, ronco do motor mais esportivo, desaceleração mais lenta, marcha lenta aumentada para 950 rpm, permitindo uma condução reativa. O modo Sport é acionado por meio de uma leve pressão no botão R.S., localizado no console central.

Modo Sport+: todos os recursos do modo Sport, além do desligamento do ESP/ASR, permitindo desfrutar ao máximo da condução esportiva, aproveitando plenamente todo o potencial do carro. O modo Sport+ é acionado através de uma longa pressão no botão R.S.

Sandero reestilizado

Na frente, um novo para-choque e grade frontal dão destaque a um enorme emblema da Renault. Mas a mudança que chama mais atenção são os LEDs diurnos que contornam os faróis do Sandero 2020. Os faróis de neblina também têm novo formato e estão maiores.

Na parte de trás, as alterações são mais notáveis. A tampa do porta-malas tem novo recorte, bem como as lanternas. As luzes de posição também são de LED e se dividem entre carroceria e a tampa. O formato também lembra o usado em modelos da Renault europeia, como o novo Megane hatch. O emblema da marca na traseira ganhou um ressalto e o nome do carro continua ao centro da peça.

Além do upgrade no visual, o francês também vai receber reforços em sua estrutura, a fim de ganhar uma nota maior que três estrelas no crash test do Latin NCAP. Também esperamos que a Renault ofereça controles eletrônicos de estabilidade e tração – ao menos nas versões mais caras.

Renault Sport

Desde 2016, a Renault Sport é comandada por duas unidades distintas: a Renault Sport Racing e a Renault Sport Cars. As duas trabalham de mãos dadas para maximizar as sinergias técnicas e comerciais, das pistas para as ruas.

A Renault Sport Racing é responsável por todas as atividades de competição da Renault, com a Equipe Renault Sport de Fórmula 1, a Renault e.dams, a Fórmula Renault 2.0 e outros programas de customer racing em circuitos e rali. O comando das operações da Renault Sport Racing é dividido entre as plantas de Enstone (Reino Unido) e Viry-Châtillon (França).

A Renault Sport Cars, que tem sua origem na divisão Renault Sport Technologies, comanda o desenvolvimento e comercialização da gama de veículos de produção em série Renault Sport.

A Renault Sport é reconhecida em todo o mundo pela excelência de seus hatches esportivos compactos, como Mégane R.S., Clio R.S. e Sandero R.S., assim como pela eficácia e acessibilidade de seus GT, incluindo o Novo Mégane GT. Já as atividades da Renault Sport Cars estão baseadas na cidade francesa de Les Ulis.

Modelo premiado

Os diferenciais do Sandero R.S. 2.0 continuam garantindo ao modelo vários prêmios. O mais remete a “Melhor Compra” entregue pela Revista Quatro Rodas.

Pelo terceiro ano consecutivo o esportivo da Renault venceu como melhor compra na categoria “Esportivos até 350 cv”. Além de ótima relação custo/benefício, a revista também destaca o visual que agrada e o bom desempenho do motor 2.0 de 150 cv. O hot hatch é o primeiro modelo da linhagem R.S. produzido no Brasil.

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?