Scooter NMAX, sinônimo de mobilidade

As scooters tornaram-se sinônimo de mobilidade urbana, em especial, nas grandes cidades. Por essa razão, estão cada vez mais dominando o mercado de motocicletas em todo país. Para quem busca agilidade, economia, facilidade de pilotagem e comodidade, esse tipo de motocicleta é a mais indicada.

Motos
2 anos atrás
Scooter NMAX, sinônimo de mobilidade

Uma ótima opção a disposição no Brasil é a NMax 160 ABS da Yamaha. A linha 2019 chega com muitas novidades promovidos pela fabricante que busca reforçar seu envolvimento com esse nicho para fazer frente aos concorrentes.

A Yamaha Scooter NMAX 160 ABS é uma motocicleta com visual marcante, bom desempenho é alto nível de segurança que se destaca em seu segmento. Vice-líder no segmento de scooters e após passar por algumas boas mudanças em 2018, nova motocicleta aparece no site da Yamaha enfatizando “N motivos para sair do lugar comum”.

Preço da Yamaha NMAX 160 ABS

Como de costume a cada lançamento um reajuste é aplicado sobre o preço das motocicletas. Com a versão 2019 desse modelo não foi diferente. Mesmo assim, por tudo que oferece, vale a pena o investimento.

Yamaha Scooter NMAX 160 ABS – R$ 12.390,00.

Quanto as cores, foram mantidas as três opções atuais, sendo elas:
Branco Metálico; Vermelho Fosco Metálico e Preto Eclipse Metálico.

Novidades

O modelo é mais potente que seu principal concorrente, a Honda PCX 150, além de possuir maior torque e capacidade cúbica. No design e ciclística a NMax 160 ABS continua mantendo a combinação entre a esportividade e o conforto que são comuns da linha MAX de scooters da Yamaha. As cores da versão anterior foram mantidas.

Outro detalhe destacado do modelo antigo são as rodas, que passaram a vir pintadas de preto, garantindo ainda mais esportividade para a scooter, além do seu assento, que teve nova textura separada em duas partes, entre o piloto e o garupa, por uma costura destacada.

Completando o design da nova NMax 160 ABS 2019 estão seus faróis em LED, que no farol baixo exibe dois feixes elegantes de luz, enquanto que no farol alto uma terceira luz central é acesa. Seu painel de instrumentos totalmente digital merece atenção.

Na parte mecânica, uma novidade da última atualização foi relacionada ao conforto em uma área que é reclamação recorrente para donos de scooters pequenos: as suspensões.

No caso da NMax a Yamaha ajustou a calibragem dos amortecedores duplos da traseira, garantindo ser o suficiente para melhorar o conforto e garantir percursos um poucos mais longos para o piloto.

Para chegar a esse resultado, os amortecedores Double Shock da traseira tem curso de 90 mm, enquanto o suspensão dianteira, que não sofreu modificações, continua com curso de 100 mm. As rodas vem em preto, tem 13 polegadas e são forjadas em liga de alumínio. Já os pneus, sem câmara, são 110/70 na dianteira e 130/70 na traseira.

Motor potente

Como já faz sucesso, o motor dessa scooter foi mantido. Ela continua equipada com o propulsor monocilíndrico, de 155cc, 4 tempos, com comando simples no cabeçote e refrigeração líquida que é capaz de gerar a potência máxima de 15,1 cv a 8.000RPM e torque máximo de 1,5 Kgf.m aos 6.000 giros.

Uma inovação na parte mecânica é o sistema denominado de VVA (Variable Valve Actuation) ou, em português, Atuação de Válvula Variável, que consiste em permitir a variação na abertura e fechamento das válvulas de admissão do motor, gerando economia contínua devido ao melhor aproveitamento da queima de combustível.

Resumindo, esse istema é capaz de oferecer bom torque nas baixas e potência nas média/altas rotações e ainda garante uma boa economia de combustível. Segundo testes especializados o NMax 160 chega a fazer 42 km por litro de combustível.

Completando o pacote mecânico está o câmbio automático CVT, o tanque de combustível com capacidade para 6,6 litros, o ABS de série e freios a disco nas duas rodas, com disco de 230mm tanto na dianteira, quanto na traseira.

Modelos como a Yamaha scooter NMAX 160 ABS possuem um desempenho notável, sendo essa um modelo muito econômico.
A média esperada para a motocicleta é de 38 km/l entre cidade e estrada.

Outras melhorias

Em meio as melhorias aplicadas no modelo 2019 da scooter da Yamaha, destaque para:
Novo painel em LCD;
Velocímetro;
Indicadores de pilotagem econômica ECO;
Indicadores de troca de marcha;
Faróis remodelados com luz de freio em LED;
Novo porta-capacete com 25 litros.

Ficha técnica da NMAX 160 ABS

A ficha técnica da Yamaha scooter NMAX 160 acompanha detalhes para acompanhar a atualização do modelo:

  • Tipo de motor: Monocilíndrico, refrigeração líquida, 4 tempos, SOHC, 4 válvulas;
  • Cilindrada: 155cc;
  • Diâmetro x curso: 58,0 mm x 58,7 mm;
  • Taxa de compressão: 10,5 : 1;
  • Potência máxima: 15,1 cv 8.000 rpm;
  • Sistema de lubrificação: Cárter úmido;
  • Sistema de combustível: Injeção de Combustível;
  • Sistema de ignição: TCI;
  • Sistema de arranque: Eléctrico;
  • Sistema de transmissão: Automática, com correia trapezoidal;
  • Sistema de suspensão dianteira: Forquilha telescópica;
  • Curso dianteiro: 100 mm.
  • Sistema de suspensão traseira: Braço;
  • Curso traseiro: 90 mm;
  • Comprimento total: 1.955 mm;
  • Largura total: 740 mm;
  • Altura total: 1.115 mm;
  • Altura do assento: 765 mm;
  • Distância entre eixos: 1.350 mm;
  • Distância mínima ao solo: 135 mm;
  • Peso: 127 kg;
  • Capacidade Combustível: 6,6 Litros.

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?