Suzuki S-Cross turbo, diferente e completo

Quem busca um carro turbo, completo e tem grana para investir, vale a pena dar uma olhada no Suzuki S-Cross, um veículo com motor 1.4 turbo que se mostra diferente e bem completo.

Carros
1 ano atrás
Suzuki S-Cross turbo, diferente e completo

Embora estamos falando de uma montadora pouco procurada pelos consumidores brasileiros, cabe informar que em 2018 a Suzuki venceu o prêmio de marca mais confiável da Europa com índice de 97.7% de confiabilidade.

O modelo foi lançado em 2015 e passou por uma reestilização em 2016. Com a fabricante japonesa apostando em melhorias promoveu agora mudanças estéticas e mecânicas para emplacar o modelo como um forte competidor no segmento de SUVs compactos. Foram implementadas mudanças para aprimorar a aerodinâmica e a dirigibilidade do veículo, além de novos itens de conforto.

Preço da versão topo

A versão topo do Suzuki S-Cross se destaca pelo bom pacote de equipamentos de série.

Suzuki S-Cross 4Style-S 4WD AT – R$ 133.490,00

Pacote recheado

De série, o modelo traz uma boa lista de itens, como câmera de ré, faróis full-LEDs, teto solar panorâmico, ar-condicionado digital, central multimídia, chave presencial, partida por botão, controle de velocidade de cruzeiro com limitador e sensor de obstáculos. Há ainda seis air bags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampas e sistema start-stop.

A versão 4Style-S traz ainda:

  • Ar-condicionado digital dual zone
  • Assistente de partida em rampa
  • Câmera de ré
  • Controle de tração e estabilidade
  • Controle de velocidade de cruzeiro
  • Direção elétrica (VGR)
  • Isofix
  • Limitador de velocidade
  • Retrovisor eletrocrômico
  • Rodas de liga leve aro 17”
  • Sensores de chuva e luminosidade
  • Sensores de estacionamento dianteiro e traseiro
  • Nove airbags

O carro também vem dotado de sistema de tração 4×4 com quatro estilos de transmissão disponíveis de acordo as condições do terreno: Lock, Sport, Snow/Mud e Auto.
Sistema Auto Start Stop System, que reconhece quando o veículo está parado no trânsito ou no semáforo e desliga o motor. E assim que o pé é retirado do freio o veículo é ligado automaticamente

Também somente a partir da versão All Gripp está incorporada a conquista do selo Conpet pela Suzuki. A tecnologia utilizada nos aços em toda a estrutura, no design e no powertrain, tem a melhor eficiência energética, sendo um dos veículos mais econômicos, mesmo se compararmos aos modelos 1.0.

Essa versão conta ainda com teto solar elétrico Double Sliding com abertura total ou parcial e faróis de LED com luzes diurnas com ajuste automático.

Mecânica de destaque

O novo S-Cross 2019 também faz bonito no conjunto mecânico. Ele está equipado com motor a gasolina 1.4 turbo Boosterjet de 4 cilindros em linha, 1373 cilindradas, 16 válvulas DOHC/WT, 146 cv de potência a 5500 rpm, 23,5 kgfm de torque entre 1700-4000 rpm, injeção eletrônica direta, transmissão automática de 6 velocidades com Paddle-Shift, suspensão dianteira Mcpherson e traseira com eixo de torção.

O ajuste do motor turbo não é feito para esportividade, e sim para economia. Portanto, não espere acelerações bruscas. Mesmo assim, o S-Cross manda bem em retomadas e ultrapassagens, especialmente se o motorista reduzir as marchas manualmente, situação em que o propulsor não demora para colocar seus 23,5 mkgf para trabalhar.

O câmbio não dá trancos entre as trocas, nem no modo manual. No entanto, o utilitário-esportivo da Suzuki não oferece respostas muito ágeis nas trocas de direção.

A tração é integral por demanda e tem dois ajustes: Sport e Neve/Lama. Em condição normal, trabalha apenas nas rodas da frente. No Sport, envia 15% da força para o eixo traseiro e deixa o auxílio elétrico no volante mais duro.

No modo Lama/Neve, a tração é de 50% em cada eixo e a resposta do acelerador fica mais branda. O sistema traz ainda a função Lock. Os freios dão “toques” para aumentar a tração, como se fosse um diferencial bloqueado.

As suspensões têm bom ajuste para o conforto, sem serem moles demais. Se o piso for muito ruim, o único porém é o barulho alto no retorno, que invade a cabine do carro.

Conforto interno

Embora deixe a desejar em requinte, por dentro, o acabamento é de qualidade. Ainda assim, conforto, elegância e conveniência estão presentes no novo S-Cross. Tudo isso foi projetado no interior para proporcionar bem-estar para quem dirige ou acompanha nos assentos.

A central multimídia tem tela de 9” é fácil de usar e tem aplicativos já integrados, como Waze e Spotify. Os bancos de couro abraçam bem os ocupantes na dianteira e são confortáveis.

Pessoas com mais de 1,80 metro de altura sofrem um pouco com a falta de espaço na parte de trás. Mas ele é bom para dois adultos, pois o túnel central é alto. A ergonomia dos comandos e dos porta-objetos é muito boa, tornando fácil a vida a bordo do S-Cross.

Para que o motorista conduza o veículo de forma confortável, ele conta com todas as comodidades e tecnologias necessárias ao seu redor, como o volante multifuncional com controles de áudio e regulagem de altura e profundidade, bem como o banco com ajuste de altura. Com a tecnologia Keyless Push Start System basta um toque para dar partida no veículo.

Lista de recursos

O novo S-Cross tem lista recheada de recursos com computador de bordo multifunções trazendo informações de desempenho, consumo, quilômetros rodados, temperatura exterior e outros dados úteis.

A central multimídia é formada por tela touch screen de 9 polegadas com 8 Gb de armazenamento e conexões para smartphones, Wi-Fi, Bluetooth, USB, MP3 e MP4.

Design minuciosamente projetado

Minuciosamente projetado, o design teve linhas idealizadas tanto para realçar como melhorar a aerodinâmica e a estabilidade do veículo.

O destaque da grade frontal com acabamento cromado reforça ainda mais o robusto e autêntico design do S-Cross. A elegância se nota também pela moldura cromada dos faróis de neblina dianteiros.

Segurança tecnológica

A segurança continua sendo uma das prioridades da Suzuki em seus veículos. O S-Cross conta com um sistema completo para garantir a melhor performance e segurança de frenagem, que já tem os discos dianteiros ventilados, inclui ABS com EBD, BOS e BAS.

O sistema de tração traz duas tecnologias para o melhor controle de estabilidade. O Engine Traction Control System (ETCS) utiliza um sistema eletrônico de tração da rotação do motor para retirar os excessos de torque nas rodas, evitando assim que o veículo deslize.

O ESP, Electronic Stability Program, por sua vez, além de evitar escorregamentos, aumenta a aderência e controla a estabilidade por meio de múltiplos sensores.

Para encarar declives, o motorista do S-Cross conta tanto com o HHC, Hill Hold Control, que impede a deslizamento do veículo ao dar partida em rampas, como o HDC, Hill Descent Control, que mantém uma velocidade determinada sem precisar acionar o freio ou o acelerador.

O TECT, Total Effective Control Technology, utilizado na estruturação da carroceria, faz uma combinação da leveza e resistência entre aços para proteger o interior em caso de colisão, distribuindo a energia de impacto.

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?