XCeed, mistura entre SUV e Crossover

O segmento SUV tornou-se sonho de consumo de muitas pessoas pelo mundo. No Brasil, não é diferente é a corrida pela compra de um modelo que revolucionou o mundo automotivo é cada vez maior. Por essa razão, as montadoras criam novas possibilidades e lançamentos em busca de atender essa demanda.

Carros
2 semanas atrás
XCeed, mistura entre SUV e Crossover

Nem sempre os modelos atende todos os países, mas as fabricantes fazem questão de estudar e lançar SUVs em alguns lugares como forma de teste e depois espalhar a versão para outras localidades. A Kia Motors que entrou de cabeça nesse mundo, lança da Europa seu quinto veículo nesse segmento.

Chamado de XCeed, o automóvel chega para rivalizar diretamente com Volkswagen T-Roc e Ford Puma, que teve detalhes divulgados recentemente em nosso site.

Com mais essa revelação, a fabricante sul-coreana comercializará globalmente nada menos do que cinco SUVs diferentes. Nem todos convivem nos mesmos mercados, mas a lista é composta agora por XCeed, Stonic, KX3, Niro e Seltos, que em breve será vendido no Brasil.

Versão aventureira

Após criar expectativas com a divulgação de esboços e apenas uma completa da lateral, a Kia finalmente apresentou o XCeed. Desenvolvido com base na plataforma do hatchback Ceed, o modelo estreia com a missão de fazer a ponte entre o pequeno Stonic e o médio Sportage, sendo mais um opção descolada da marca sul-coreana na Europa.

Embora seja tratado assim pela Kia, o novo XCeed não chega a ser SUV de fato. Ele é a versão aventureira do hatch médio Ceed. No entanto, ele recebe diversas modificações de carroceria e de estrutura para classificá-lo em outra categoria. É semelhante ao que a Chery fez ao transformar o hatch Celer no SUV compacto Tiggo 2.

Na questão de porte, o carro fica em um meio termo entre o Ceed hatch e a perua esportiva ProCeed. São 26 mm a mais de largura, 42 mm a mais de altura em relação ao solo e bitolas alargadas em 25 mm na dianteira e 60 mm na traseira. Seu tamanho é bastante semelhante ao de um Chevrolet Cruze Sport6, mas com altura de um JAC T40.

Ao todo, ele é 85 milímetros mais longo (total de 4,39 metros), 43 mm mais alto (1,49 m) mm) e 26 mm mais largo (1,82 m). Oferece ainda 31 litros extras de espaço para bagagens no porta-malas, totalizado 426 litros em posição convencional e 1.378 litros com os bancos traseiros rebatidos.

Apesar de compartilhar com os Ceed hatchback, ProCeed e Ceed Sportswagon os componentes da suspensão, o XCeed estreia amortecedores de batentes hidráulicos, oferecidos de série no eixo dianteiro. Ainda ao nível da suspensão, os engenheiros da Kia suavizaram os coeficientes de rigidez das molas, tanto à frente como atrás, 7% e 4%, respetivamente.

Para maior comodidade, há tampa com acionamento elétrico e assoalho ajustável. No interior, o parentesco com o Ceed se faz novamente presente, mas com toques de personalidade como revestimentos na cor da carroceira e quadro de instrumentos digital com tela de 12,3 polegadas.

Na parte mecânica, ele traz apenas motores turbinados. As versões de entrada usam um 1.0 três cilindros turbo de 120 cv que deve ser usado no Hyundai HB20 2020 brasileiro. Intermediário, aparece o 1.4 quatro cilindros turbo de 140 cv. Para quem quer esportividade, a Kia ainda oferece o motor 1.6 turbo de 204 cv que estreou no novo Soul GT.

Na Europa, território onde o XCeed será vendido, haverá ainda duas opções de motor diesel 1.6 quatro cilindros turbo: 115 cv e 136 cv. Todas as versões são equipadas com transmissão manual de seis marchas. Para quem prefere automático, há transmissão de dupla embreagem com sete marchas, menos para o 1.0 turbo.

O câmbio, dependendo do caso, pode ser manual de 6 marchas ou automatizado de dupla embreagem e 7 posições. A tração é sempre dianteira. Na Europa, as vendas serão iniciadas no terceiro trimestre.

Segurança não falta

Como é já habitual, o XCeed não descuidou da segurança nesse modelo. Assim, o crossover da Kia apresenta-se com sistemas de segurança e ajuda à condução como o Sistema de Controle de Velocidade Inteligente com Stop&Go, o Sistema de Detecção do Ponto Cego, o Aviso de Colisão Frontal ou o Aviso de Limite de Velocidade Inteligente.

A letra X

A letra X foi inserida nessa versão para mostrar que ele esteticamente se diferencia do Ceed pelo estilo mais parrudo e off-road. Os faróis ganharam recorte na parte interna, mas mantém os quadrados de LED formando um X em torno do bloco elíptico. A grade frontal é maior e traz uma abertura também na parte inferior. Para-choque com detalhes em preto acompanha o visual aventureiro.

Há ainda caixilhos pretos nas caixas de roda, retrovisores pretos, rack de teto e friso cromado na base das portas. A traseira segue estilo mais próximo ao da perua ProCeed do que do Ceed hatch. O vidro é bastante inclinado e as lanternas trazem lente totalmente vermelha. Há ainda saídas duplas de escape moldadas em um aplique cinza do para-choque.

A Kia manteve a cabine com os estilos dos atuais carros da montadora, incluindo o recém-lançado Seltos. O volante esportivo casa com a central multimídia flutuante, típica da marca. Tem também cor amarela nas costuras dos bancos, molduras das saídas de ar, portas e painel de instrumentos.

Brasil não deve receber o X-Ceed

Na organização global de SUVs da Kia, o XCeed será destinado apenas para a Europa, onde o restante da família Ceed é vendida. Atualmente, essa família é composta pelo hatch Ceed, pelas peruas Ceed Wagon e ProCeed e agora também com o aventureiro ProCeed. Como alternativa ecologicamente correta com versões híbrida e elétrica, há o SUV Niro, vendido globalmente.

Na Europa e alguns países da Oceania tem ainda o Kia Stonic, exibido no Salão do Automóvel de São Paulo em 2018. Ele é o menor dos SUVs compactos da Kia e tem estilo de hatch aventureiro, como o XCeed. Por fim, temos o recém-lançado Seltos, que será vendido na Índia, Estados Unidos e Brasil.

Pilotando Sonhos

Antes de viajar por aí você deve se programar muito bem, olhando o mapa e traçando a rota até o local desejado, isso é muito importante pensando na segurança da viagem e a comodidade, pois quanto melhor o percurso, mais proveitoso será o seu passeio. O Pilotando Sonhos te ajuda a se preparar para a estrada.

Vamos Bater um Papo?